Vereadores de Pratania deixam plenário durante votação

Na sessão ordinária da ultima segunda feira (10) da Câmara Municipal de Pratania os vereadores da base aliada do governo, abandonaram o plenário da câmara no momento em que foi colocado em discussão os projetos que alteram os gastos com o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) do município, alterando de 60% para 65% os gastos e outro projeto para que o centro de eventos fosse liberado sem custo para a associação da melhor idade.


Quando o presidente abriu a palavra para discussão das proposituras os vereadores, Dé da Sabesp (PR), Japão da Ambulância (PMDB), Odair (PR) e Ninão Vieira (PSDB) deixaram o plenário da câmara após o vereador Dé da Sabesp pedir vistas dos projetos e ser contrariado por vereadores da oposição que queriam que o projeto que beneficia os professores fosse votado e aprovado sem alterações. Os parlamentares deixaram o plenário dizendo que fariam um Boletim de Ocorrência (BO) contra os vereadores da oposição.

Os projetos não foram votados por falta de quórum parlamentar. Presentes durante a sessão os professores reivindicavam por melhores salários da Rede Municipal de Ensino e ao final da sessão aplaudiram os vereadores da oposição pela defesa dos direitos da classe.

O vereador Lucas (PT) logo após a sessão declarou que esse projeto é de extrema importância, tanto para os professores como para o pessoal da melhor idade. “A administração atual precisa olhar melhor para o futuro da Educação do município e também pelo lazer do pessoal da melhor idade”.

O presidente da Câmara Osmir Felix (PT) disse que “o projeto que foi colocado em discussão é sim importante e que assim que terminar o tempo de vistas do vereador Dé da Sabesp o projeto será colocado em votação”.

Fonte e foto: Rádio Integração