Prefeito de Boituva corta dois terços do orçamento do Carnaval

Evento será mantido para não prejudicar economia local, mas não contará com escolas de samba contratadas e com bailes no Centro de Eventos e os recursos economizados serão realocados para recuperar danos e atender famílias atingidas pelas chuvas


Com o objetivo de reduzir custos e realocar recursos para recuperação dos estragos deixados pelas chuvas dos últimos dias, o prefeito Edson Marcusso anunciou que adotará medidas para reduzir os custos do Carnaval 2016 em Boituva. A determinação do prefeito é que os gastos não ultrapassem o teto de um terço, em relação ao que foi investido na última edição. As medidas não reduzirão o número de dias, mas alguns eventos serão cancelados, como as contratações de escolas de samba de outras cidades e os bailes no Centro de Eventos.

A medida foi anunciada na manhã desta quinta-feira (14), durante reunião do Gabinete de Gestão Integrada de Segurança Pública de Boituva (GGI), no Paço Municipal. Na ocasião foram discutidas ações conjuntas entre as forças policiais e órgãos vinculados a segurança pública, visando a operação carnaval no município. “Não podemos simplesmente cancelar o evento, afinal de contas, sabemos que isso impactaria negativamente na economia local, especialmente no setor de comércio e prestação de serviços, que já sentem fortemente os efeitos da crise”, ponderou o prefeito.

 

Prudência

Com a economia, o prefeito disse que realocará os dois terços recursos para os trabalhos de recuperação dos danos e também na atenção às famílias atingidas pelas chuvas. “Não podemos ignorar que vivemos uma situação emergencial por conta das chuvas e que, até onde pudemos apurar, exigirão recursos da parte da Prefeitura”, justificou Marcusso. “Mas o momento exige prudência e neste sentido creio que chegamos a um bom termo para atendermos as necessidades do município e das famílias atingidas, bem como dos diferentes setores da sociedade, além de manter a tradição cultural para as famílias e blocos da cidade que prestigiam o nosso carnaval”, finalizou o prefeito.

 

Programação na Praça

Segundo informou o diretor de Eventos da Prefeitura, Ricardo Amaral, as atividades do carnaval serão concentradas na Praça da Matriz, onde será montada uma estrutura para o evento. Ao todo serão três noites (sábado, domingo e segunda-feira) e uma matinê (domingo a tarde). Os desfiles dos blocos e escola da cidade acontecerão na Coronel Eugênia Mota e terminarão na Praça da Matriz, onde ocorrerão a apresentação de banda, das 20h a 1h – seguindo a legislação do horário de fechamento dos bares no horário de verão. Já estão confirmados para o evento os blocos Oficina de Artes, Bloco do Gegê, Vai Quem Qué e Consciência Negra.