Papai Noel ladrão de Mairinque é recebido no Deinter-7 em Sorocaba

A polícia analisou as imagens para descobrir quem é o papai noel que havia roubado um helicóptero alugado no Campo de Marte, na Zona Norte de São Paulo, quando o piloto foi rendido, amarrado e vendado logo após o pouso em um sítio em Mairinque

 

O homem suspeito de se vestir de Papai Noel para roubar um helicóptero em um sítio de Mairinque, em novembro de 2015, foi preso nesta sexta-feira (08), na cidade de Queimadas, na Bahia. Ele foi escoltado até a sede do Departamento de Polícia Judiciária da 7ª Região (Deinter-7) de Sorocaba ficando aos cuidados da justiça no Centro de Detenção Provisória (CDP).

Nabiel Cordeiro da Silva, de 30 anos, foi preso em uma operação conjunta das polícias baianas e paulistas. Segundo notícia divulgada pelo Portal G1, informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) dizem que Nabiel se refugiou em Queimadas por possuir parentes na região. O suspeito foi levado por policiais de Mairinque para Salvador, de onde foi transportado de volta para o estado de São Paulo.

 

Relembrando o fato

A polícia analisou as imagens para descobrir quem é o papai noel que roubou um helicóptero alugado no Campo de Marte, na Zona Norte de São Paulo, na sexta-feira, do dia 27 de novembro do ano passado.  O piloto foi rendido, amarrado e vendado logo após o pouso em um sítio em Mairinque, no interior.

Era quase meio-dia quando o passageiro que contratou o voo chegou ao hangar no Campo de Marte com a roupa vermelha e o saco de presentes. Ele já estava vestido para a festa de Natal e foi levado para a sala VIP.  Ele pagou o aluguel da aeronave em dinheiro.

Enquanto o helicóptero era abastecido, o ladrão disfarçado parecia impaciente. Ele se sentou no sofá, falou ao celular e teve que atender fãs. Funcionárias pediram para tirar fotos com ele. As câmeras não gravaram o embarque. Mas, no alto do vídeo, dá para ver o helicóptero branco, modelo Robinson R-44 decolando do Campo de Marte.

O papai noel chegou pela lateral do hangar. Ele sabia que, se tivesse entrado pela porta principal, seria gravado de frente pelas câmeras. Funcionários dizem que ele não contava que teria que andar pelo prédio, passar por outras câmeras e esperar meia hora até o momento de entrar no helicóptero.

O voo de meia hora terminou em um sítio em Mairinque, na região de Sorocaba. Lá, outros dois criminosos estavam no sítio alugado. O papai noel amarrou o piloto dentro da casa e abasteceu o helicóptero. Outro piloto assumiu o comando. O piloto assaltado levou cinco horas para se soltar e pedir ajuda. Para a polícia não localizar o helicóptero, os criminosos desligaram o transponder, que é o aparelho que indica onde a aeronave está.