Mulher de 36 anos desaparece na Barra Bonita e Polícia suspeita de crime

O desaparecimento de uma mulher de 36 anos mobilizou nessa quarta-feira (9) policiais civis e militares de Barra Bonita (68 quilômetros de Bauru). Uma das suspeitas é de que ela tenha sido vítima de um crime. O suspeito é um homem que, segundo familiares da mulher, insistia em se relacionar com ela. Ele também está desaparecido.

A mulher, que não teve o nome divulgado, saiu de casa na noite de terça-feira (8), Dia Internacional da Mulher. Segundo o delegado titular de Barra Bonita, Antônio Ângelo Meneghel, antes, possivelmente já prevendo uma situação de perigo, passou na casa de um tio, armou-se com uma faca e falou: “Se ele quiser me matar, eu vou me defender”.

Como ela não retornou para casa e nem apareceu no local de trabalho, nessa quarta (9) de manhã, familiares passaram a procurá-la e comunicaram seu desaparecimento à polícia. “A pessoa que nutria um sentimento amoroso por ela foi ao trabalho e, quando familiares à procura dela fizeram contato com ele, também deixou o trabalho e desapareceu”, diz.

Na residência do suspeito, que é casado, tem 55 anos, e também não teve o nome revelado, foi apreendido um revólver calibre 38 com cinco cartuchos, dois deles deflagrados. No carro dele, um Corsa, os policiais encontraram algumas peças de roupas, além de botina e luva, com vestígios de sangue. “Tinha manchas no porta-malas também”, conta.

(Fonte: JC Net)