Iperó promove casamentos comunitários que envolverão 45 casais

No próximo dia 24 de outubro, 45 casais da cidade de Iperó dirão sim no primeiro casamento coletivo realizado na cidade. A iniciativa é uma parceria entre a Prefeitura e Fundo Social de Solidariedade (FSS) e isentará os casais das taxas cartoriais.

Segundo Valdenis Ribera Mira, presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS)  a ideia surgiu na rotina diária e a maior barreira para a formalização da união entre o casal era o custo do casamento civil. “Diante disso, fomos buscar os caminhos para realizar essa primeira edição e contamos com o apoio da tabeliã Luciane de Arruda Miranda Siviero”.

O pedido para a realização da cerimônia coletiva foi enviado em julho para o Sindicato dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (Sinoreg), órgão gestor do Fundo Gratuito de Compensação dos Atos de Registro Civil, responsável pela concessão de isenções cartoriais.

A tabeliã do Registro Civil das Pessoas Naturais de Iperó, Luciane, destacou o esforço conjunto. “Esta parceria é uma grande e importante oportunidade para aqueles que já vivem juntos, formalizarem essa união”, comenta.

Para o prefeito Vanderlei Polizeli, a parceria é histórica. “Quando o Fundo Social informou que existia essa possibilidade, não pensamos duas vezes. Sabemos que muitos casais acabam não oficializando a união por falta de condições e agora poderão fazer isso sem custos”.

Os interessados em participar do casamento comunitário devem procurar o Cartório de Iperó para retirar a lista de documentos necessários e fazer a inscrição até o dia 2 de outubro. O Cartório de Iperó fica na Rua Faria Lima, no 116, Centro.

 

Informações

●Fundo Social de Solidariedade – Rua Costa e Silva, 175, Centro, telefone 3266-1198.

●Centro de Integração Social (CIS) – Rua Maria Plens de Quevedo Marthe, 87, em Bacaetava;

●Subprefeitura – Avenida José Rocha, 20, George Oetterer, telefone (15) 3266-7250