Indicadores de criminalidade em SP têm queda no interior e na capital

Foto – Divulgação

O secretário Estadual de Segurança Pública, Alexandre de Moraes,  aponta que  “as polícias retribuíram com trabalho de investigação, prevenção, trabalho em equipe e conseguiu pela primeira vez baixar todos os índices de criminalidade”

 

Todos os indicadores de criminalidade apresentaram queda no estado de São Paulo ao final do ano de 2015, de acordo com balanço divulgado hoje (26) pela Secretaria Estadual de Segurança Pública. A taxa de homicídios dolosos (em que há intenção de matar) caiu 12,49% ao passar de 4.293 em 2014 para 3.757. As vítimas de homicídio passaram de 4.527 para 3.962, o que representa uma queda de 12,48%.

Os roubos (quando há violência) no estado caíram 1,23%, ao passar de 311.214 para 307.392. Os roubos de veículos foram 78.659 em 2015, 20,36% a menos do que em 2014, quando foram registradas 98.763 ocorrências. Os roubos a bancos chegaram a 159 no estado, 12,64% a menos do que no ano anterior (182). Os roubos de carga caíram 0,33% ao passar de 8.518 para 8.490.

Segundo o balanço os furtos (quando não há violência) caíram 4,11%, passando de 516.551 em 2015 para 495.334. Os furtos de veículos foram 110.690 enquanto em 2014 foram 122.769 o que representou uma queda de 9,84%.  Os estupros caíram 7,59% em 2015, com 9.265 contra 10.026 em 2014. As extorsões mediante sequestro (sequestro relâmpago) caíram 17,5% passando de 40 em 2014 para 33 em 2015.

“Apesar da crise, não houve corte de investimentos em segurança. As polícias retribuíram com trabalho de investigação, prevenção, trabalho em equipe e conseguimos pela primeira vez baixar todos os índices de criminalidade”, disse o secretário Estadual de Segurança Pública, Alexandre de Moraes.

 

Números na capital


Os números mostram também que na capital paulista os homicídios dolosos caíram 12,38% ao passar de 1.131 em 2014 para 991 em 2015. As vítimas de homicídio passaram de 1.197 para 1.057, o que representa uma queda de 11,7%. Os latrocínios caíram 19,73% passando de 147 no ano de 2014 para 118 no ano seguinte. As vítimas de latrocínio totalizaram 122 em 2015, 18,67% a menos do que em 2014 (150).

Os roubos em geral no estado caíram 3,39%, ao passar de 160.128 para 154.706. Os roubos de veículos foram 49.335 em 2015, 22,53% a menos do que em 2014, quando foram registradas 38.221 ocorrências. Os roubos a bancos chegaram a 81 no estado, 5,81% a menos do que no ano anterior (86). Os roubos de carga caíram 0,51% ao passar de 5.092 para 5.066.

Segundo o balanço os furtos em geral caíram 6,65%%, passando de 189.162 em 2015 para 176.579. Os furtos de veículos foram 43.784 enquanto em 2014 foram 49.632 o que representou uma queda de 11,78%%. Os estupros caíram 8,94%% em 2015, com 2.087 contra 2.292 em 2014.

Fonte: Agência Brasil