Hospital Amaral Carvalho, em Jaú, terá obelisco no Centenário

Lançamento da pedra fundamental do marco será no dia 22 de dezembro; Documentos institucionais, notícias e arquivos fotográficos serão depositados no monumento que deve ser aberto daqui a 100 anos

 

Para celebrar o ano de seu centenário, em 2015, o Hospital Amaral Carvalho promoveu diversos eventos como campanhas educativas, atividades esportivas, inaugurações, confraternizações entre médicos, funcionários e apoiadores. Para concluir essa agenda comemorativa com êxito, no dia 22 de dezembro, às 15h, será o lançamento da pedra fundamental de um obelisco na instituição.

No marco, serão depositados documentos como listas com nomes de funcionários, conselheiros e corpo clínico do hospital, notícias e fotografias de algumas das principais atividades realizadas neste ano, exemplares de jornais, folders e vídeos institucionais. Integram o arquivo cartela do selo comemorativo dos 100 anos e réplica do Ursinho Elo, projeto de humanização da ala pediátrica do Amaral Carvalho que teve destaque internacional em 2014, ano em que foi criado.

De acordo com o Superintendente do hospital, doutor Antonio Luís Cesarino de Moraes Navarro, a iniciativa para criação do obelisco foi do Presidente da Fundação Amaral Carvalho, doutor Alcindo Storti, que acompanha a história da instituição há mais de 50 anos. “Abraçamos essa ideia e contamos com apoio do Espaço Cultural Amaral Carvalho, coordenado pela doutora Rachel Cesarino de Moraes Navarro, que cuidou do acervo histórico”.

O obelisco será construído na sede do Hospital Amaral Carvalho, na Rua Victor Burjato, 150 – ao lado de um antigo pé de tamarindo, que foi preservado como uma das memórias da instituição. O monumento deverá ser aberto daqui a 100 anos.