Homem de 63 anos que usava doces para abusar de crianças é preso em Bauru

Foto – Divulgação

No momento da prisão, o homem estava em sua residência e negou o crime de estupro, contudo, uma das crianças gesticulou ao policial o que o acusado fazia com elas, passando a mão em suas partes íntimas e que ainda dava doces para que elas não contassem para os pais

 

Matéria publicada no JCNET e assinada por Bruno Freitas revela que um homem de 63 anos foi preso na madrugada desta terça-feira (2), em Bauru, acusado de pedofilia e estupro de duas crianças no Jardim Prudência. As meninas, de 3 e 4 anos, de acordo com a Polícia Militar (PM), eram atraídas por doces e o indivíduo acariciava as genitálias das crianças.

A família descobriu no final da noite de segunda-feira (1) e chamou a polícia. De acordo com o enteado do homem, que testemunhou contra ele à PM, é possível que o caso estivesse acontecendo há algum tempo. O acusado aproveitava-se quando a mãe de uma das meninas não estava por perto e abusava dela e de uma amiguinha, que também mora naquela rua.

Foram apreendidas em sua casa uma calcinha feminina, doces e revistas de conteúdo pornográfico. A endereço da rua foi mantido em sigilo em cumprimento ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), para preservar a identidade das vítimas. O caso foi entregue a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Bauru.

 

Prisão

No momento da prisão, o homem estava em sua residência e negou o crime de estupro, contudo, uma das crianças gesticulou ao policial o que o acusado fazia com elas, passando a mão em suas partes íntimas e que ainda dava doces para que elas não contassem para os pais.

 

Criança flagrada na cama

O enteado do indivíduo contou à polícia que na semana passada viu, pela janela, uma das crianças deitada na cama do padrasto e o acusado estava ali, ao lado, em pé, sem camiseta. Ainda de acordo com ele, quando o homem percebeu que estava sendo observado, disfarçou e vestiu a roupa. Foi então que contou para os pais da vítima, que consequentemente chamaram a polícia pelo 190.

A Polícia Civil ratificou a prisão e o homem foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Bauru. O caso está sendo investigado e as crianças vão passar pelo exame de corpo de delito e receberão acompanhamento psicológico.

Fonte: JCNET