Em 60 dias, Prefeitura de Boituva reciclou 20.193 bitucas de cigarros

Prefeitura e a empresa instalaram mais de 20 caixas adequadas à coleta de bitucas, em pontos estratégicos da cidade e de grande circulação de pessoas

 

O serviço de coleta e tratamento de bitucas de cigarro, desenvolvido pela Prefeitura de Boituva, por meio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, em parceria com a empresa Poiato Recicla já coletou 8,3kg de bitucas de cigarro através das bituqueiras espalhadas pela cidade. De acordo com relatório apresentado pela Secretaria, o total coletando equivale a 20.193 bitucas de cigarro, ou seja, 1.046 maços de cigarro.

Em Boituva, a Prefeitura e a empresa instalaram mais de 20 caixas adequadas à coleta de bitucas, em pontos estratégicos da cidade e de grande circulação de pessoas. Sem Poluir Segundo o secretário Amilton de Pádua Serrão (Agricultura e Meio Ambiente), o serviço que foi iniciado em agosto passado, consiste no recolhimento e tratamento adequado das bitucas de cigarro que, após o trabalho de conscientização da população, foram voluntariamente depositadas nas bituqueiras e deixaram de prejudicar o meio ambiente.

Para o prefeito Edson Marcusso, a proposta é conter ao máximo o descarte inadequado de bitucas de cigarro no município, o que também deve contribuir para a redução das ocorrências de danos de maior proporção, através de queimadas e contaminação dos recursos hídricos.

De acordo com o secretário Amilton de Pádua Serrão (Agricultura e Meio Ambiente), o acompanhamento é efetuado para atenuar os riscos decorrentes de contaminação, em eventuais contatos, acidentes e intercorrências no serviço de coleta. “Todos utilizam equipamentos de proteção, contudo, a vacina é uma medida para diminuirmos ainda mais o risco da atividade”, disse.

Coleta seletiva

Vale lembrar que em Boituva, o serviço de coleta seletiva chega em 75% dos bairros de Boituva. O serviço realizado pela Prefeitura com a Coopera Boituva melhorou a frequência das coletas em mais de 60 bairros atendidos. O caminhão viabilizado pela parceria da Prefeitura, com a Fundação Banco do Brasil e o IFSP Boituva, permitiu ampliação dos cooperados e com isso a montagem de uma segunda equipe de coleta.

A expectativa da Prefeitura de Boituva é aumentar a quantidade de material reciclável, que é de aproximadamente quarenta e cinco toneladas mês, bem como a renda dos vinte e quatro catadores da Coopera Boituva. O objetivo da Prefeitura é chegar em 100% dos bairros, levando a coleta porta a porta também para condomínios e loteamentos fechados.