Conchas têm seu Plano Municipal de Educação aprovado na Câmara

Pela primeira vez em sua história, o município de Conchas passa a ter um Plano Municipal de Educação e instituir a década da educação, que teve início em 2015, estendendo-se  até 2025. O processo foi conduzido pelo Departamento Municipal de Educação e Cultura e culminou com a votação e aprovação na Câmara Municipal,  através da Lei 1409 de 23 de Junho de 2015, sancionada pelo prefeito  municipal, Odirlei Reis (foto).

O diretor do Departamento Municipal de Educação e Cultura, professor Rogério de Morais, destacou o caráter participativo e democrático que guiou todo o processo de discussão e elaboração do PME. “Realizamos um diagnóstico do município, através de pesquisas em órgãos oficiais e  questionários a professores e funcionários de escolas e, através dos dados coletados foi possível mensurar muitos indicadores e mapear  pontos positivos e negativos em nossa educação. Através destes pontos, pudemos definir as metas do nosso Plano”.

Os trabalhos tiveram início em fevereiro deste ano, com a nomeação, através de Decreto e Portaria do prefeito, dos membros para integrarem a Comissão de Estudos , em que cada membro, foi indicado por seus pares e que teve a incumbência de, em reuniões ordinárias, discutirem os temas educacionais e elaborarem a minuta de Lei, enviada à Câmara. O processo participativo foi encerrado com uma audiência pública na Câmara Municipal de Conchas.

As propostas foram baseadas no Plano Nacional de Educação, aprovado e já sancionado e visam garantir, através de políticas públicas, um ensino de qualidade e definir os rumos da educação no município nos próximos 10 anos, contendo metas que vão desde a Educação Infantil até o Ensino Superior e, neste contexto, contou com a participação de Escolas Municipais, Escolas Estaduais e Escolas Privadas de Conchas. 

“São muitos os desafios a serem enfrentados, mas temos a certeza de que, com a participação de toda a sociedade vamos atingir as metas propostas “, finalizou o diretor Rogério, lembrando que o próximo passo a ser tomado é a constituição de uma Comissão de acompanhamento e avaliação do Plano Municipal de Educação.