Boituva quer agilizar implantação de apartamentos da CDHU

Em reunião ocorrida no Paço Municipal, o prefeito Edson Marcusso solicitou o apoio ao recém-empossado diretor regional da CDHU de Sorocaba, José Geraldo Garcia, para a implantação de mais 120 apartamentos do Conjunto Habitacional Boituva G, que foi autorizado pelo governador Geraldo Alckmin, em novembro de 2014, durante visita ao município.

O pedido do prefeito visa atender aos objetivos da política habitacional da Prefeitura de Boituva, que desde 2013 já viabilizou a implantação de 178 apartamentos da CDHU e outras 800 unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida, das quais as quinhentas primeiras já estão em obras, na região do bairro Água Branca.

Por sua vez, o novo diretor da CDHU disse que não medirá esforços para atender a solicitação do prefeito. Ele informou que existe a necessidade de diminuição da inadimplência referente aos empreendimentos anteriores, especialmente ao Conjunto Habitacional Boituva F, para que novos empreendimentos possam ser implantados no município. “Precisamos somar esforços neste sentido”, disse José Geraldo.

O prefeito Edson Marcusso colocou a disposição a Divisão de Habitação, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Cidadania e Trabalho, para apoiar a CDHU neste trabalho. “Temos total interesse na resolução desta situação, pois existe uma crescente demanda por moradias populares no município, que precisa ser atendida imediatamente”, disse o prefeito.

Além do prefeito e do diretor, a audiência foi acompanhada por representantes do Consórcio Organon, pela coordenadora Alaíde Feitosa e o técnico Daniel Moreira; pelo secretário Laércio Codato (Desenvolvimento Social); pelo chefe da Divisão de Habitação da Prefeitura, Almir Melaré; e pela síndica geral do Conjunto Habitacional “Rafael Caetano” (Boituva F), Mayra Franco Pontes.