WWDC 2016: Apple apresenta as 10 novidades mais interessantes do iOS 10

A décima versão do iOS foi apresentada na WWDC 2016.

13-ios-10

Trata-se de uma grande atualização para desenvolvedores e a maior da história para usuários. São 10 grandes recursos destacados pela Apple, começando por experiência de usuários: Tela Bloqueada redesenhada com notificações ricas, mais uso de 3D Touch e mais interação com apps.

A Apple percebeu que o novo Touch ID dos iPhones 6s é rápido demais e “passa reto” da Tela Bloqueada. Pois agora, é só pegar o iPhone da mesa que ele acende a tela automaticamente! O visual da Tela Bloqueada está bem modificado, sem aquele escurecimento por causa das notificações. Usando o 3D Touch, você já acessa detalhes das notificações e, finalmente, pode apagar todas de uma vez só (caso queira).

A interação com apps está bem maior, sem nem mesmo acessar o aparelho em si. Tudo pela Tela Bloqueada e incluindo também apps de terceiros (como, por exemplo, o Uber que você pediu e está chegando). A Central de Controle continua onde está, mas também foi redesenhada com uma área totalmente dedicada a músicas deslizando para a direita. Para acessar a câmera, agora é só deslizar a tela para a direita. Já para os widgets, você desliza para a esquerda.

Agora, usando o 3D Touch em um ícone de app como o Mail, você obtém detalhes sobre o que há lá dentro. Não temos mais apenas atalhos básicos, e sim “mini-widgets” com dados atualizados sobre cada app. E esse widgetpode ser levado à área Hoje (da Central de Notificações) com todos os outros. Esses widgets suportam inclusive reprodução de vídeos inline.

A segunda grande novidade é a Siri, que já responde hoje mais de 2 bilhões de requisições por semana. A partir do iOS 10, ela fará muito mais pois está sendo aberta para desenvolvedores — apps como Slack, WhatsApp, Uber, Pinterest, Runtastic, Square, Skype e outros passam a ser compatíveis com a Siri.

A terceira novidade do iOS 10 é no QuickType, com a inteligência da Siri está sendo levada ao teclado do iOS. As sugestões de digitação passarão a ser bem mais precisas e complexas do que antes. A assistente pode, inclusive, sugerir outros tipos de respostas, como enviar a sua localização quando alguém lhe pergunta onde você está. Da mesma forma, é possível enviar um contato com apenas um toque (algo que atualmente não é possível, fazendo o usuário entrar nos contatos para depois enviá-lo).

A Siri também será capaz de preencher automaticamente compromissos em calendários usando dados soltos no meio de mensagens. Outros recursos bacanas incluem endereços recentes, buscas de restaurantes, agendamento inteligente e muito mais. Outra grande novidade é a troca automática do teclado (idioma) de acordo com o que você está digitando!

Em Fotos, as novidades envolvem reconhecimento facial automático no iPhone com privacidade total, reconhecimento de objetos e ambientes, navegação por lugares, etc. Usuários também gostam de relembrar momentos em suas fotos (viagens, datas específicas, pessoas, tópicos, entre outras coisas), e o iOS 10 analisará toda a sua biblioteca para reunir automaticamente o que há de relevante/conectado em uma nova aba chamada Memórias (Memories). Essas novidades do Fotos chegarão também ao macOS e ao tvOS (para que você visualize tudo no conforto do seu sofá).

Os Mapas da Apple também receberão boas novidades no iOS 10, incluindo um design totalmente novo e recursos de pró-atividade (o Mapas sabe para onde você costuma ir em determinado dia ou hora e lhe sugere direções para o que quiser, por exemplo). Também ficará bem mais fácil buscar estabelecimentos e filtrá-los no novo Mapas. A interface de direções curva e curva (que até hoje não chegou ao Brasil, diga-se) está também bem mais bacana, com mais dados, dados de tráfego em tempo real, entre outras informações. Todas essas novidades do Mapas também chegarão, é claro, ao CarPlay (que dependendo do modelo do automóvel, se integrará inclusive ao painel).

E a Apple está abrindo hoje o Mapas para desenvolvedores, com extensões — por exemplo — para reservas de restaurantes. O Uber se torna integrado ao Apple Maps, com pagamento via Apple Pay (tudo sem sair do app nativo do iOS). Ele também suportará agendar direções para ser alertado quando sair.

Como esperado, o Apple Music também foi totalmente renovado. Tudo está mais claro e simples, com uma melhor separação entre as áreas de um destaque maior para o que importa: música. A interface conta inclusive com títulos grandes e em negrito. A primeira tela do Apple Music passa a ser a própria biblioteca, dividida por listas, artistas, álbuns, músicas e uma nova área de músicas baixadas localmente pelo usuário. Abaixo disso tudo, há uma seção de tudo o que foi adicionado recentemente à sua biblioteca. Os controles na parte inferior estão maiores e mais fáceis de se acessar. Além disso, temos letras de músicas também abaixo dos controles, na tela de reprodução!

A Aba Para Você (For You) continua lá, mas foi também melhorada no iOS 10. Haverá agora bibliotecas curadas que são alteradas diariamente para cada pessoa. A aba Navegar (Browse), chegou e roubou o lugar da rede social Connect (que agora fica dentro da aba Para Você). Nela, há novas músicas, rankings de populares, etc.

O aplicativo News, outro que ainda não chegou ao Brasil, também recebeu melhorias. Sobre o app em si, a Apple já tem mais de 2.000 publicações no News, que já conta com 60 milhões de usuários ativos por mês. No iOS 10, o News vem com um design totalmente novo como matérias em destaque, tendências, tópicos que você segue (com sugestões inteligentes), seleções de editores, notícias-destaque chegando à Tela Bloqueada (com notificações push), etc. Contudo, ama das novidades mais interessantes do News são as assinaturas.

O HomeKit também recebeu a atenção da Apple no iOS 10. Neste período, a Apple trabalhou para integrar tudo de forma intuitiva e segura, levando o HomeKit para todo e qualquer tipo de acessório residencial. O próximo grande passo do HomeKit será um novo app chamado Home. Dentro dele, usuários poderão controlar todos os seus dispositivos de uma única interface. O HomeKit também estará integrado à Central de Controle no iOS 10, deslizando para a direita, e também se integra às notificações interativas da Tela Bloqueada.

Usando a Apple TV, usuários podem acessar sua casa remotamente e automatizar tudo aproveitando que ela está sempre conectada e disponível na sua rede. Dá até para usar geolocalização para saber que você está chegando em casa e realizar certas ações.

O recurso Telefone do iOS (sim, o iPhone também serve para isso ?) também foi melhorado no iOS 10. A Visual voicemail (disponível apenas na operadora Claro aqui no Brasil), por exemplo, fará transcrições as mensagens. Agora, quando recebermos ligações de números desconhecidos o iOS poderá se comunicar com apps para detectar se é trote/spam. O novo sistema também permitirá que apps de VoIP incorporem chamadas tal como se fossem ligações nativas, e não mais como notificações. O perfil de contatos também foi finalmente aprimorado, com atalhos rápidos de comunicação.

Por último, temos boas novidades no app Mensagens. Agora o app incorpora links ricos, “expandindo” links, imagens e vídeos, e conta com rápido acesso à sua câmera e fotos recentes. Ao escolher o teclado de Emoji, o sistema também destaca palavras digitadas que podem ser transformadas em Emojis. Também é possível enviar mensagens com novos efeitos de bolhas, para você poder “gritar” ou “falar baixinho”. Há até um novo “link invisível”, em que você precisa deslizar o dedo sobre a mensagem ou imagem para visualizá-la. Mais do que isso, existe também a possibilidade de você reagir a certas mensagens (como um “joinha”).

Outra novidade do Mensagens incluem mensagens escritas a mão (bem como o Digital Touch do watchOS), efeitos em tela cheia (como fogos de artifício e outros). Assim como muitas das novidades do sistema, o Mensagens também será agora aberto a desenvolvedores! Com os iMessages Apps, há uma nova área de aplicativos focados no Mensagens e incorporados a ele. Exemplos: stickers, acesso a câmera para efeitos, pagamentos via mensagens, GIFs e muito mais.

Outras novidades rapidamente citadas pela Apple na apresentação de abertura da WWDC 2016 foram: colaborações no Notas, visão de conversas no Mail, edição de Live Photos e Split View no Safari para iPads. Tudo isso, claro, com privacidade em mente. Todos os recursos do iOS usam criptografia ponta-a-ponta, inteligência local nos dispositivos, sem distribuição de dados de usuários online. A Apple usa “privacidade diferencial” para coletar dados anônimos e aleatórios de forma a detectar, por exemplo, termos tendentes em buscas. Ela não quer acessar nada o que não é preciso.

O iOS 10, que será liberado para desenvolvedores hoje. A fase de testes pública começará em julho e o grande público o receberá no outono do hemisfério norte.

Fonte: Eduardo Marques (macmagazine.com.br)
https://macmagazine.com.br/2016/06/13/wwdc-2016-apple-apresenta-as-10-novidades-mais-interessantes-do-ios-10/