Velório de jovem morto em acidente causa comoção

Foto: Reprodução Facebook

 

Um grande número de pessoas entre parentes e amigos estiveram no velório do jovem botucatuense Fábio Pelares, de 20 anos de idade, realizado no Complexo Funerário Orlando Panhozzi, com sepultamento feito no Cemitério Portal das Cruzes. O jovem foi mais uma vítima da perigosa SP-255, Rodovia João Melão, que é conhecida como estrada da morte e tem pista simples e curvas sinuosas.

O relatório do acidente foi registrado pelos patrulheiros rodoviários e registrado na base de Tatuí. Nele consta que Pelares trafegava com sua motocicleta 750cc, sentido Avaré/Itai e bateu contra um caminhão, com placas da cidade de Divinópólis, que estava saindo de um posto de gasolina para ganhar acesso à pista. Segundo o relato dos amigos que estavam na hora do acidente, o caminhão utilizou a alça de entrada de veiculos do posto de gasolina e entrou na rodovia pela contramão de direção. Embora o motorista tenha tentado a frenagem não consegiu evitar a batida.  A moto foi parar embaixo do veículo de carga, que passou por cima da cabeça da vítima.

Em razão da violência do acidente, Pelares, que residia na região da Vila dos Lavradores, em Botucatu,  teve morte instantânea. Antes do corpo ser liberado para o Instituto Médico Legal (IML) de Botucatu, foi realizada a perícia do local do acidente pela  Polícia Técnica  Científica,  cujo laudo deverá ser inserido no inquérito policial e que poderá ajudar a policia a esclarecer as causas do acidente.