Unesp define unidade de pesquisa em experimentação animal

Já está definida a empresa que construirá a Unidade de Pesquisa em Experimentação Animal (Upea) da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB). A assinatura simbólica do contrato com a Elgel Eletricidade e Engenharia LTDA aconteceu nesta terça-feira, 12 de junho, na diretoria da instituição. As obras já se iniciaram e o prazo para conclusão é de 360 dias.

A Upea será construída com recursos da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos) – órgão ligado ao governo federal – e terá contrapartida da Unesp. Serão investidos R$ 1.577.948,00 pela Finep e R$ 300 mil serão repassados pela universidade.

O prédio terá 1.168,62 metros quadrados e no projeto está prevista a construção de um novo piso (andar) caso haja necessidade. A estrutura será dividida em área suja (contaminada) e área limpa (com assepsia). A área suja prevê uma secretaria e uma sala para os técnicos bioteristas, área para ração e área para maravalha (lascas de madeira usadas na forração de gaiolas).

Para que os usuários passem para a área limpa existe a necessidade de assepsia. Nela, ficarão as “racks” para ratos e camundongos e também as seis salas de experimentação, preparadas para cirurgias. Na região externa haverá uma câmara fria, espaço para depósito de lixo hospitalar, reciclagem e lixo orgânico. A diretora da FMB, professora Silvana Aritoli Schellini, ressalta que a Upea seguirá critérios rígidos, pois a faculdade buscará certificar a unidade como um laboratório de pesquisa com excelência internacional.

Estiveram presentes na assinatura simbólica do contrato, na tarde desta terça-feira, o sócio proprietário da empresa vencedora da licitação, José Carlos Neri Oliveira; o engenheiro Flávio Mascaro, da Assessoria de Planejamento e Orçamento da Unesp – Câmpus Botucatu; além da diretora e do vice-diretor da FMB, professores Silvana Schellini e José Caros Peraçoli, respectivamente.

A empresa Elgel Eletricidade e Engenharia LTDA, vencedora da licitação para construção da Unipex, foi fundada em 1991 em São Paulo, mas atualmente está sediada em Assis. A Elgel foi a empresa responsável pela construção do forno incinerador, atualmente instalado no campus da Unesp em Botucatu. Entre seus principais clientes estão: as prefeituras de São Paulo e São Bernardo do Campo e a própria Unesp, com moradias estudantis e outros laboratórios.

Fonte: Jornalista Leandro Rocha
Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB