Unesp de Botucatu faz qualificação de agricultores

Agricultores do programa Hortas Comunitárias, vinculado ? Secretaria Municipal de Assistência Social e Subsecretaria de Agricultura e Abastecimento, participaram do primeiro Dia de Campo das Hortas Comunitárias de Botucatu. O evento foi promovido pelo Programa de Educação Tutorial (PET) da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA), da Unesp.

As atividades, que aconteceram no Sítio Modelo da Fazenda Lageado, tiveram como objetivo qualificar os pequenos produtores e alunos da faculdade para atuarem na produção de alimentos em hortas comunitárias orgânicas, com enfoque agroecológico, ou seja, não há utilização de adubos químicos e de agrotóxicos. Professores universitários discorreram sobre os seguintes temas: horta orgânica e familiar – sua saúde e de seus alimentos; desequilíbrio nutricional em plantas olerícolas; e avaliação da fertilidade dos solos e das hortas comunitárias de Botucatu. O evento contou ainda com explicação prática no campo.

O programa objetiva contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população residente nas áreas periféricas do Município e promover sua inclusão social por meio da geração de renda e segurança alimentar. A Prefeitura fornece os terrenos, ferramentas, água, mudas e toda a infraestrutura necessária para a produção e manutenção das hortas.

Os Centros de Referência em Assistência Social (Cras) selecionam os participantes de acordo com sua situação socioeconômica e os mesmos passam a atuar como agricultores que produzem todos os tipos de hortaliças, verduras e leguminosas. Dessa maneira, toda a renda arrecadada com a venda dos produtos é destinada aos pequenos produtores. Atualmente, o programa envolve mais de 50 famílias.