Unesp comemora avanços em pesquisa de excelência

Há um ano e quatro meses a Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) conta com um grupo de estudos em Medicina Baseada em Evidências, vinculado ao CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). Após o período de adaptação e envolvimento com a nova metodologia, os 17 pesquisadores membros já comemoram os avanços.

A Medicina Baseada em Evidências pode ser considerada um elo entre a boa pesquisa científica e a prática clínica. Através de uma metodologia adequada, essa ferramenta propicia que o pesquisador tenha uma visão crítica dos artigos publicados na literatura e fornece evidências de alta qualidade para a comunidade científica.

Segundo a professora Regina El Dib, líder do grupo, o principal objetivo dos encontros semanais é a realização de pesquisas e, em consequência, publicações, com a colaboração dos diversos docentes. Os mesmos possuem formações distintas o que torna o grupo de estudos único e rico na criação dos projetos de pesquisa em saúde.

Grupo é composto por professores de diferentes especialidades como, por exemplo, a Anestesia; Clínica Médica; Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço, além da Enfermagem, com participação de bibliotecárias da FMB.

Para a coordenadora da iniciativa, o grupo é uma estratégia para suprir as necessidades de publicação de universidades conceituadas como a Unesp. “Faço das palavras do Einsten as minhas: ‘Uma carreira acadêmica em que a pessoa é forçada a produzir textos científicos em grande quantidade gera o risco da superficialidade intelectual’. Desta forma, eu digo que o nosso grupo é uma estratégia para gerar pesquisas com profundidade intelectual considerando a heterogeneidade de experiência profissional e expert que cada docente traz ao grupo”, acrescenta.

Em depoimento durante a última reunião, dia 6 de agosto, os pesquisadores da FMB foram unânimes ao caracterizarem o grupo – que é bastante heterogêneo – como um projeto que valoriza a união, trabalho por objetivos comuns; que oferece oportunidade de aprendizado e que insere a instituição no cenário internacional ao estimular uma pesquisa de excelê;ncia.

Na foto encontram-se os membros do grupo: Professor Paulo do Nascimento Junior, Norma Pinheiro Módolo, Leandro Gobbo Braz, Adriana Polachini do Valle, Amélia Kamegasawa, Eliane Chaves Jorge, Enilze Nogueira Volpato, Hugo Hyung Bok Yoo, Ione Corrêa, Marise Silva Teixeira, Marluci Betini, Paulo José Fortes Villas Boas, Regina Stella Spagnuolo, Ricardo Almeida, Solange Ramires Daher e Regina Paolucci El Dib. No entanto, também integram o grupo os pesquisadores Marilza Vieira Cunha Rudge, Pasqual Barretti e Silvana Artioli Schellini.

Fonte: Leandro Rocha
Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB