Tribunal de Justiça adia inauguração do Fórum de Botucatu

Ainda não será desta vez! A inauguração do novo Fórum de Botucatu, no Jardim Riviera, prevista para acontecer na manhã do dia 03 de agosto, não vai mais acontecer. A decisão foi do presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Ivan Ricardo Garisio Sartori, alegando que “faltam acertar algumas pendências”.

O adiamento será, inicialmente, por 90 dias e uma nova data para a inauguração deverá ser agendada. O TJSP comunicou o adiamento ao juiz de diretor do Fórum, Josias Martins de Almeida Júnior. Com esse adiamento, o início do funcionamento do novo Fórum deverá ficar para o ano que vem.

Outro detalhe importante é que com esse adiamento as chaves do prédio, segurança, assim como os equipamentos que já estão em seu interior, continuam a cargo da empresa Resiplan que foi responsável pela construção do prédio.

Josias Júnior já havia adiantado que somente após a inauguração, o TJSP se responsabilizaria pelo Fórum que, em funcionamento, deverá contar com escolta armada e agentes qualificados para dar segurança aos que trabalham no Fórum e aos que se servem dele.

O contrato para a construção do novo Fórum, em uma área de 10 mil metros quadrados, no Jardim Riviera, foi assinado em 18 de março de 2010 e foi orçado em R$ 14.570.327,09. O antigo Fórum havia sido interditado no início do ano 2000 por determinação do diretor da época, Luis Otávio Duarte Camacho (já falecido), sob alegação de que o prédio não oferecia segurança e corria o risco de desabar. Por causa disso, as varas e cartórios foram desmembrados e passaram a funcionar em locais diferentes, situação que permanece inalterada até hoje.