Trecho da avenida do novo Fórum é preparado para o asfalto

Quem trafega pela rodovia João Hypolito Martins (Castelinho), nas proximidades do trevo de acesso ? Embraer, acompanha o movimento de máquinas e um imenso “recorte” em meio ? s grandes plantações de cana existentes no local. Trata-se da abertura da grande avenida que permitirá a ligação com o novo Fórum, obra de mais de R$ 14 milhões construída no Jardim Riviera, numa parceria entre a Prefeitura de Botucatu e o Governo do Estado.

O investimento para abertura da nova avenida ultrapassa os R$ 3 milhões e é fruto de um convênio firmado entre o município e a Secretaria Estadual de Economia e Planejamento. A Semam Terraplenagem e Pavimentação Ltda., vencedora da concorrência pública, executa as obras no local que incluem terraplenagem, construção de galerias, guias, sarjetas e pavimentação asfáltica.

A nova via terá cerca de 1.700 metros de extensão, com início junto a Rodovia João Hypólito Martins (Castelinho), nas proximidades da rotatória do trevo de acesso ? Embraer (sentido Rubião Júnior) e se estenderá até a nova sede do Poder Judiciário.

O projeto criado pela equipe da Secretaria Municipal de Planejamento prevê quatro pistas com 10,50 metros de largura que serão separadas por canteiro central iluminado com 8 metros de largura. Além de passeio público também será preparada faixa para, no futuro, a implantação de uma ciclovia no local.
“Será a avenida mais larga de Botucatu. Esse é um novo conceito de sistema viário que estamos implantando no acesso novo Fórum e que também levaremos para outros lugares onde ainda é possível induzir e planejar o crescimento. A questão da mobilidade urbana é uma prioridade para nós”, informa o prefeito João Cury Neto.

De acordo com o engenheiro Nelson Lara, responsável pela fiscalização da obra, a primeira etapa de abertura da nova avenida, num trecho de cerca de 350 metros de extensão, já conta com galerias de águas pluviais (principal e ramais) e em torno de 1.400 metros lineares de guias construídas. “A empresa agora trabalha na preparação do terreno para receber o asfalto. Se a chuva der uma trégua, permitindo a devida compactação do solo, na próxima semana a pavimentação será executada. Em dois dias o serviço estará concluído”, informa.

Enquanto isso, os demais serviços avançam em ritmo adequado. A previsão é que a conclusão aconteça no prazo de três meses. Na primeira quinzena de fevereiro a Prefeitura deverá ter em mãos o orçamento referente ao sistema de iluminação do local. O custo definirá se será utilizada fiação aérea ou subterrânea.

O prefeito enfatiza que além de permitir a ligação rápida e segura com o novo Fórum e com bairros como Jardim Riviera e Jardim Santa Elisa, a nova avenida é a primeira etapa da ligação entre a Castelinho e Rubião Júnior, um antigo sonho que a atual administração começa a tirar do papel para virar realidade.

“Esse é mais um investimento que realizamos com a intenção de induzir o desenvolvimento para um dos setores mais carentes da cidade. O impacto para os moradores do Jardim Riviera, Jardim Santa Elisa e outros bairros vizinhos será altamente positivo. Além disso, começamos a transformar em realidade o antigo sonho de fazer a ligação entre a Castelinho e Rubião Júnior, que permitirá tirar parte do tráfego de veículos que hoje são obrigados a adentrar a cidade. Além do Fórum, naquela região já iniciamos a construção de um novo posto de saúde e estamos licitando a obra de uma nova creche. Em 2012 também estamos programando investimentos em infra-estrutura, levando asfalto para ruas do Jardim Santa Elisa e Riviera”, anuncia João Cury.