Surdos têm nova tecnologia para facilitar atendimento

A Assessoria em Políticas de Inclusão Social da Prefeitura de Botucatu apresentoua um grupo de pessoas com surdez da Cidade, uma nova tecnologia que irá facilitar o atendimento deste público. Trata-se de um equipamento que permite aos surdos, através de um software de videoconferência, entrar em contato com uma central de atendimento com intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras).

 Eles farão a intermediação da conversa entre a pessoa com deficiência e o servidor que o atende na Prefeitura. Como é um dispositivo móvel (tablet), pode ser utilizado em salas de reunião e facilmente conectado a projetores e televisores. O investimento da Prefeitura para disponibilizar esse tipo de serviço será de R$ 3.245 no ano.

“Esta é mais uma iniciativa que busca um atendimento mais adequado e acessível às pessoas com alguma deficiência. É o meio se adequando à necessidade das pessoas. Uma ação que se inicia no prédio da Prefeitura, mas que faremos força para que se estenda a outros ambientes no município”, garante o assessor Políticas de Inclusão Social, Paulo Malagutte.

“Com este sistema, pessoas com esta deficiência poderão passar ao servidor o que desejam ou buscam de informação do Poder Público. Isso torna o atendimento mais eficiente e adequado. Esta é mais uma ação dentre as tantas em andamento na Prefeitura para atender de forma digna as pessoas com deficiência”, reforça o secretário da Administração, Ricardo Salaro.

O último Censo realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) aponta que, até 2010, mais de 1.200 pessoas em Botucatu declaravam-se deficientes auditivos, seja em maior ou menor grau de intensidade.