Sociedade Vicentina completa 100 anos em Botucatu

No próximo dia 14 de julho a Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) irá completar100 anos de atividades em Botucatu e vários eventos estão programados com festas, encontros de confraternização e missa presidida pelo arcebispo Dom Mauricio Grotto de Camargo.

De acordo com o vicentino Paulo Roberto Fontes Junior, do Departamento de Comunicação (Decom)do Conselho Central de Botucatu, a SSVP leva sua ajuda a quantos dela precisam, independentemente de raça, cor, nacionalidade, credo político ou religioso e posição social, no sentido de aliviar o sofrimento e promover a dignidade e a integridade do homem.

“A Sociedade não somente procura mitigar a miséria, mas também descobrir e remediar as situações que a geram, sendo assim, qualquer pessoa carente pode ser um assistido, podendo se entender como carência não somente situação financeira, mas também, física ou espiritual”, salienta Fontes Junior.

 “São geralmente assistidas famílias carentes economicamente, internos idosos, enfermos, entre outros que recebem mantimentos, remédios, roupas, calçados, materiais escolares e em alguns casos até mesmo materiais de construção, de acordo com as possibilidades de cada conferência, uma vez que os recursos se originam principalmente das coletas realizadas durante as reuniões, bingos promovidos nas comunidades e contribuições de benfeitores”, frisa o vicentino.

Ele diz que as conferências também visitam semanalmente cada família assistida a fim de evangelizá-los, instruí-los como solucionar os problemas que lhes causam a pobreza e também para acompanhar o desenvolvimento dos mesmos, uma vez que o objetivo da SSVP, além da santificação de seus membros através da prática da caridade, é promover seus assistidos, isto é, prestar socorro temporário, e nesse período, auxiliar as famílias a recuperarem sua dignidade humana. “Ou seja, não damos o peixe, mas procuramos ensinar a pescar”.

Hoje, o Conselho Central dos Vicentinos de Botucatu, conta com nove conselhos particulares (unidades regionais); quatro obras unidas (asilos e vilas); duas obras especiais (cursos de aprendizagem); 54 conferências (grupos com 5 a 10 associados cada); 190 confrades (associados do sexo masculino); 265 consocias (associados do sexo feminino) e 450 famílias assistidas (Botucatu e região).

Conta ainda com um Jornal (Gotas Vicentinas), de edição bimestral e um site: www.vicentinosbotucatu.org.br  para que as pessoas possam conhecer o trabalho cotidiano que é desenvolvido e o calendário de eventos, assim como ajudar a cuidar de pessoas carentes do Município.   “Toda e qualquer doação será muito bem vinda e muito bem utilizada”, concluiu Fontes Júnior.

Programação:

 

9 horas – Missa Festiva na Capela do Seminário Arquid. São José – Celebrante: Dom Maurício G. de Camargo

10h30 – Procissão do Seminário até Botucatu Tênis Clube

11 horas – Sessão Solene

12 horas – Almoço

13 horas – Festival Cultural

14 horas – Entrega da Moção pela Câmara dos Vereadores

15 horas – Homenagens aos Vicentinos

16 horas – Tema “Tecendo a Caridade” – Representante do CNB (Cristian R. da Luz)

17 horas – Apresentação da Peça Teatral: “Irmão Junípero” de Jundiaí

18 horas – Encerramento