Senac orienta organização das finanças para 2014

Ano novo, contas novas. O calendário de 2014 traz diversos compromissos financeiros, como o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), Impostos Predial e Territorial Urbano (IPTU), seguro de carro e a compra do material escolar dos filhos. Segundo Alexandre José Romagnoli, docente da área de administração e negócios do Senac Botucatu, uma das estratégias para não entrar o ano no vermelho é planejar antecipadamente as despesas.

“O ideal é ter dimensão do valor dos gastos que teremos e dividi-los nos doze meses do ano. As finanças do último ano são um bom termômetro”, ensina. enfocando que mesmo a poucos meses dessas contas começarem a chegar, o importante é separar uma quantia para elas. “Se você não realizou o devido planejamento durante todo o ano, faça um esforço um pouco maior. Pague suas contas no prazo, procure descontos, evite excessos e desperdícios e foque no essencial. Isso pode de dar um bom fôlego adiante”, afirma.

Uma das possibilidades para a economia no final do ano é guardar uma parte do 13º salário. De acordo com ele, o dinheiro pode ajudar a liquidar futuras contas, por isso deve ser usado com ponderação. “Não há como negar que o fim de ano possui uma variedade de tentações e tradições que literalmente consomem nossos salários. No entanto, é importante agir de maneira consciente e planejada. Podemos sim viajar, presentear e proporcionar uma boa ceia para a família e os amigos, no entanto, precisamos constantemente estar atentos a nossa real situação financeira”, ressalta.

Romagnoli explica que o ideal é guardar mensalmente entre 10 e 20% da renda. “Uma boa quantia poupada a médio e longo prazo conduzirá a um resultado bastante satisfatório. O importante é sempre separar uma parte, mesmo que pequena, como 1, 2 ou 3% e ir aumentando até que atinja o limite proposto”. Para atingir essa meta, sendo ele, é necessário planejar o orçamento e evitar adquirir dívidas em dezembro.

“Nessa época, busque o pagamento ? vista, tanto por questões de segurança e controle financeiro quanto por possibilidades de descontos. Foque-se no essencial. Nem todas as promoções são bem-vindas. Pense se realmente precisa do produto e pesquise muito”, finaliza.

{n}Dicas para garantir uma poupança{/n}

– Aprenda a planejar as finanças. Planeje seus gastos antecipadamente: tributos e datas comemorativas são totalmente previsíveis, o que facilita na hora de poupar
– Saiba onde você gasta seu dinheiro. Anote e controle. Assim será mais fácil separar o essencial do dispensável
– Pague suas contas em dia. Em alguns casos, o pagamento adiantado gera descontos
– Procure as melhores ofertas! A pesquisa pode garantir bons resultados pela diferenças de preços entre produtos e estabelecimentos
– Determine objetivos que conduzam e motivem o orçamento pessoal

{n}Sobre o Senac {/n}

Para atender ? demanda de formação profissional, o Senac oferece cursos livres, técnicos e de ensino superior (graduação, extensão universitária e pós-graduação), presenciais ou a distância, em diferentes áreas do conhecimento. Já empresas públicas e privadas têm ? disposição o Atendimento Corporativo, com equipe especializada em desenvolver cursos sob medida para as necessidades das organizações.

A instituição oferece ainda acesso ? profissionalização para a população economicamente desfavorecida com a Política Senac de Concessão de Bolsas de Estudo. O programa, que já concedeu mais de 290 mil bolsas de estudo, contribui para a inclusão social e proporciona o desenvolvimento por meio da educação.

Com tradição de 67 anos e programação distribuída em 55 unidades educacionais em todo o Estado de São Paulo, o Senac São Paulo conta também com três campi do Centro Universitário Senac e os hotéis-escola Grande Hotel São Pedro e Grande Hotel Campos Do Jordão, além da Editora Senac São Paulo, que publica livros didáticos e de mercado.