Senac Botucatu ensina como ser empreendedor

Um bom gestor deve ser persistente, autoconfiante e saber correr riscos calculados. O que pouca gente sabe é que características como essas, encontradas nos empreendedores, podem ajudar nas vidas profissional e pessoal de qualquer um. Segundo o docente Diego Leme de Oliveira, da área de administração e negócios do Senac Botucatu, esses comportamentos podem ser obtidos com treinamento. 

“O termo empreendedorismo é muito relacionado somente ao gestor da empresa, mas esse paradigma precisa ser quebrado. Uma pessoa pode ser considerada empreendedora social se faz bem para a sociedade. Dentro de uma empresa, qualquer funcionário que agregue valor ao negócio, agindo como se fosse seu, também é um empreendedor”, opina. 

Ele aponta que existem pessoas empreendedoras natas. “No entanto, como tudo na vida, essas características também podem ser adquiridas por meio de treino”, avalia. Para isso, o primeiro passo é olhar para o contexto social com outro ponto de vista. “É necessário pensar 'fora da caixa', sair da zona de conforto”, diz. 

Para ensinar essas características, o Senac Botucatu está com as inscrições abertas para o curso Atitude Empreendedora. Com 24 horas de duração, a capacitação usa como base dez comportamentos identificados pelo psicólogo David McClelland, contratado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para estudar mais de 200 empreendedores em três continentes.

As aulas vão de 20 de setembro a 25 de outubro e ocorrem aos sábados, das 8 às 12 horas. As inscrições podem ser feitas pelo site www.sp.senac.br/botucatu e outras informações devem ser obtidas pelo telefone (14) 3112-1150.