Senac Botucatu dá dicas para ficar bem em selfies

Foto: Divulgação

Os autorretratos já existiam na época do Renascimento, mas ganharam outra dimensão nos últimos anos. A popularização de celulares e outros dispositivos portáteis com câmeras deram origem a um fenômeno comum à maioria dos adolescentes de hoje em dia: tirar fotos de si mesmo, as chamadas selfies. Segundo Thiago Rodrigues Victal, docente da área de fotografia do Senac Botucatu, dicas simples ajudam a obter melhores resultados.

Ele lembra que não existe uma receita para a selfie sair perfeita, mas alguns detalhes deixam a foto mais atrativa e podem gerar mais "curtidas" nas redes sociais. "Um dos mais importantes é o ângulo. Como não existe uma regra definitiva, o ideal é ter um aparelho com câmera frontal, para encontrar o melhor enquadramento do rosto", explica.

O docente destaca que, na maioria dos casos, colocar a câmera muito a baixo da linha do rosto pode fazer com que ele pareça um pouco mais cheio. Acima da cabeça, por outro lado, a câmera normalmente "deixa" o nariz menor e o rosto mais fino. "Mas não existe uma regra. Não há ângulos que devem ser evitados. O ideal é a pessoa realizar diversos testes até encontrar o enquadramento para o seu rosto", afirma.

Outro conselho é deixar a iluminação sempre à frente do rosto, para dar mais nitidez à selfie. No espelho, o flash deve ser descartado. Sobre as poses, Victal conta que caretas ou sorrisos forçados podem causar uma impressão ruim. "A foto deve ser o mais natural possível", diz.

Aliada ao sucesso das redes sociais, a "explosão" de vendas de aparelhos com câmeras provocou um aumento considerável no número de fotógrafos amadores. E esse é o principal público do curso livre Introdução à Fotografia Digital, do Senac Botucatu, que está com inscrições abertas.

Além de traçar um breve resumo da história da fotografia, a capacitação ensina técnicas de composição, luz e sombra, além de analisar algumas câmeras existentes no mercado atualmente – das de celulares às profissionais. "Para uma fotografia ser bonita, o mais importante é o olhar sensível do fotógrafo, ou seja, é possível sim fazer uma fotografia linda com uma câmera de celular", analisa o docente.

Com duração de 24 horas, as aulas começam no dia 2 de junho, de segunda e quarta-feira, das 14 às 17 horas. As inscrições podem ser feitas pelo site www.sp.senac.br/botucatu. Outras informações pelo telefone (14) 3112-1150.