Repensando diferenças é o tema do “Luz no Câmpus” em agosto

 

ID_23224_luz-no-campus destNa semana de 21 a 28 de agosto será realizada a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, com o tema ”O Futuro se faz com a conscientização das diferenças”. O objetivo é promover uma ampla reflexão sobre as diferenças, evidenciadas na sociedade, através de atitudes ameaçadoras da dignidade das pessoas, ao ponto de não serem aceitas pela sua condição.

Dentro desse objetivo, no dia 24 de agosto, no Auditório “Prof. Paulo Rodolfo Leopoldo”, às 18h, com entrada franca, a APAE de Botucatu estará apresentando relatos de pessoas que convivem com pessoas com deficiências e apresentação artística do Grupo Abayomi, que, certamente, levarão os presentes a repensar as diferenças.

O Luz no Câmpus é uma iniciativa da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp e da Fundação e Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais (Fepaf). O evento é aberto a todos os interessados e a entrada é 1 kg de alimento não-perecível, que será doado a entidades assistenciais.

Sobre o Grupo Abayomi

Os profissionais da APAE de Botucatu, preocupados com a valorização da cultura popular brasileira, buscaram alternativas de ensino, colocando os atendidos em contato com músicas, instrumentos e danças folclóricas.

Observou-se que os atendidos que participam das atividades de musica e dança conseguem desenvolvimento significativo da condição física e motora, na interação social e, principalmente, aumento da autoestima, contribuindo para a melhoria de sua qualidade de vida.

Aos poucos os ritmos brasileiros tomaram conta das aulas e proporcionaram uma vontade de saber e aprender as diferentes manifestações da cultura popular, culminando com a formação de um grupo denominado Abayomi, do dialeto africano de origem Iorubá ,”abay” – encontro e “omi” – precioso.

Esse encontro precioso de jovens e adultos à procura de mecanismos para expressar seus sentimentos por meio da arte, propicia a essas pessoas a oportunidade de mostrar para a sociedade a capacidade individual, antes escondida ou até mesmo comprometida pelas suas deficiências.