Projetos são qualificados ao Prêmio Mario Covas

Foram divulgados os projetos que concorrerão ao Prêmio Mario Covas 2014 pela Secretaria de Educação de Botucatu que inscreveu seis projetos, cinco deles na categoria Inovação em Gestão Municipal e um na Categoria Governo Aberto. Todos os projetos foram qualificados e encaminhados para a próxima etapa de avaliação.

De acordo com Rafael Romagnoli, Assessor de Governo, responsável pela inscrição dos projetos na Categoria Inovação em Gestão Municipal, Botucatu irá concorrer entre outros 66 projetos. Já na categoria Governo Aberto a Cidade concorre com nove participantes entre as mais diversas cidades do Estado de São Paulo.

Botucatu já ganhou Prêmio Mário Covas em duas oportunidades: na categoria Inovação em Gestão Municipal através do programa Orçamento Participativo Jovem (OP Jovem) – em 2013; e na categoria Inovação em Gestão Estadual, pelo desenvolvimento do Programa Municipal de Acessibilidade Rural – em 2012.

{n}Categoria Inovação em Gestão Municipal{/n}

Projeto: Processo de Construção do Referencial Curricular Municipal da Educação Infantil.

Projeto: INDICATU – Indicadores Educacionais.

Projeto: Observatório da Educação – Educatu.

Projeto: Eu a M.E.I. (Micro Empreendedor Individual)

Projeto: Web Infantil

{n}Categoria Governo Aberto{/n}

Projeto: i-Educar

O Prêmio Mario Covas tem como previsão para a segunda quinzena de abril a fase de apresentação e sustentação oral dos projetos selecionados entre os 10 melhores em cada categoria que deverão ser divulgados até o final do mês de Março.

{n}Prêmio Mario Covas{/n}

Criado em 2004 e realizado anualmente pela secretaria de Gestão Pública do Governo do Estado de São Paulo, o Prêmio Mario Covas tem como principal objetivo apoiar a modernização da administração pública paulista. São premiadas cinco categorias:

Inovação em Gestão Estadual: Iniciativas desenvolvidas por servidores e empregados públicos dos Três Poderes do Estado de São Paulo;

Inovação em Gestão Municipal: Iniciativas desenvolvidas por servidores e empregados públicos municipais do Estado de São Paulo em parceria com o governo estadual de São Paulo;

Cidadania em Rede: Iniciativas desenvolvidas por usuários de centros gratuitos de inclusão digital;

Governo Aberto: Iniciativas desenvolvidas por cidadãos que utilizaram bancos de dados governamentais para aperfeiçoar o acesso a serviços públicos. Estas duas últimas representam um importante avanço nas relações Governo – Contribuinte, pois permite a participação de todos os cidadãos;

Melhoria no Gasto Público: Criada nesta décima edição, esta categoria visa dar destaque ? s iniciativas dos órgãos estaduais que promoveram ganhos de eficiência na utilização dos recursos públicos (humanos, tecnológicos, materiais e financeiros), a redução de despesas com custeio, e a melhoria dos resultados sob o aspecto do custo/ benefício. Em especial, no tocante a compras de materiais e contratação de serviços de utilidade pública e de fornecimento de passagens de transporte aéreo ou terrestre.