Projeto Fazenda Esperança recebe verba de um milhão

Foto – Divulgação

A verba foi anunciada esta semana na visita que o secretário fez a Botucatu para participar das solenidades comemorativas dos 10 anos do projeto Casas de Apoio da Famesp

 

O projeto da Fazenda Esperança, que tem na coordenação o padre Emerson Anizi, responsável pela Catedral  Metropolitana de Botucatu vai receber uma verba de um milhão de reais, que virá da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, pasta administrada pelo deputado federal e sociólogo, Floriano Pesaro. A verba foi anunciada esta semana na visita que o secretário fez a Botucatu para participar das solenidades comemorativas dos 10 anos do projeto Casas de Apoio da Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar de São Paulo  (Famesp), da Unesp.

Fazenda da Esperança é uma comunidade terapêutica de recuperação de toxicodependentes que acolhe pessoas com idade entre 15 e 45 anos e lhes propiciam moradia, alimentação e outras necessidades básicas para que continuem firmes em sua caminhada rumo ao retorno à vida. Por não ser uma cadeia, o dependente químico não fica fechado entre grades, muros ou portões e tudo é aberto e dá acesso a rua.

Por isso, o dependente precisa desejar e manifestar a vontade de ter uma vida livre das drogas e do álcool, pedindo uma segunda chance via carta escrita de próprio punho para ser acolhido, explicando os motivos que o levaram a solicitar ajuda. Cada jovem é responsável por sua própria recuperação.

Outro detalhe da Fazenda Esperança é que a família participa de todo o processo. Pais e irmãos são acompanhados e frequentam reuniões separadas do interno antes do primeiro encontro com o mesmo no terceiro mês da recuperação. São responsáveis por vender os produtos confeccionados pelos jovens recuperantes, assim contribuem diretamente no retorno a vida de seu familiar.