Programa “Bom Prato” é solicitado para Rubião Júnior

A possibilidade da implantação do programa “Bom Prato” no Distrito de Rubião Júnior, foi debatida na Câmara Municipal, por intermédio de uma propositura assinada pelo vereador André Rogério Barbosa – Curumim (PSDB), com o propósito de atender famílias carentes do Município, assim como o expressivo número de pessoas vindas das mais diversas regiões do estado de São Paulo e até de outros estados que procuram o Hospital das Clínicas (HC) de Rubião Júnior para realizar consultas e exames médicos.

No documento ele defende que a rede de restaurantes populares intitulada “Bom Prato”, composta por 39 unidades instaladas na capital, região metropolitana, interior e litoral paulista, oferece refeições balanceadas e de qualidade, com custo ao consumidor de apenas R$ 1,00 por refeição e é fruto da parceria entre a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Governo do Estado de São Paulo e entidades assistenciais. pessoas desempregadas, mas também um expressivo número de pessoas que, vindas das mais diversas regiões do estado de São Paulo e até de outros estados, diariamente procuram o HC da Faculdade de Medicina de Botucatu para realizar consultas e exames médicos

“Esse projeto visa garantir a segurança alimentar, especialmente ? população de baixa renda, fornecendo refeições balanceadas com qualidade e cardápio variado. Para a instalação do restaurante é firmado um convênio entre o Governo Estadual e entidades comunitárias e assistenciais da sociedade civil, sem fins lucrativos, que já atuem junto ? população na área da instalação da unidade”, disse o verdor tucano.

Ele salienta, ainda, que cada unidade gera de 15 a 20 empregos diretos nos setores administrativo, de gerência, nutrição, cozinha e limpeza. “Por isso solicitei junto a Prefeitura informações de como está esse processo do “Bom Prato” no distrito, uma vez que tratativas já vem sendo realizadas com o governo do Estado nesse sentido”, informa Curumim.