Presidente da Associação de Magistrados visita Botucatu

Fotos David Devidé

 

O juiz Jayme Martins de Oliveira Neto, presidente da Associação Paulista de Magistrados (Apamagis) esteve fazendo uma visita ao Fórum de Botucatu e foi recebido pelo coordenador da 23ª Apamagis, juiz José Antônio Tedeschi e o diretor adjunto e diretor do Fórum,  Josias Martins de Almeida Júnior.

A Apamagis tem por missão a prestação de assistência integral aos magistrados. No plano institucional, sua atuação como entidade de classe ganha legitimidade na magistratura paulista para reocupar espaço no cenário político brasileiro e, assim, protagonizar os grandes debates nacionais e resgatar a união da magistratura.

Também é missão da entidade propiciar auxílios e benefícios aos associados e seus dependentes, diretamente ou por ajustes com terceiros; promover atividades sociais, culturais, recreativas e esportivas, para os associados e seus dependentes; colaborar com a direção do Poder Judiciário do Estado, sempre que possível; defender a magistratura e os direitos e interesses funcionais dos associados; manter intercâmbio, dentro dos limites estatutários, com as Associações congêneres do País e do Exterior; e promover a defesa dos direitos difusos e coletivos relacionados aos interesses da Magistratura.

Eleito presidente em novembro de 2013 liderando a chapa “Apamagis Forte”, de oposição, Jayme Neto é o primeiro juiz de primeiro grau a dirigir a entidade. Em ocasiões anteriores o cargo foi ocupado por desembargadores. Tem na 1ª vice-presidência o desembargador Miguel Petroni Neto e como 2º vice-presidente, o desembargador Oscild de Lima Junior.

Na ocasião de sua eleição ele atribuiu a vitória ao desejo de mudanças dos magistrados paulistas. “Credito esta vitória ao desejo de mudança dos juízes, ao desejo de renovação e ao desejo também de ver um juiz de primeira instância assumir a Apamagis. Mas, fundamentalmente, ao desejo de mudança”, afirmou agradecendo aos membros da chapa e aos que confiaram em seu trabalho.

O presidente eleito também falou sobre seus planos de iniciar o processo de transição e promover as propostas divulgadas, como aumentar a participação dos juízes na vida associativa. Dentre os presentes esteve o atual presidente do Supremo Tribunal Federal (STF),  ministro Ricardo Lewandowski que registrou sua preferência e falou sobre a importância  da Apamagis para a vida de todos os magistrados.