Porto Seguro realiza inspeção veicular gratuita em Botucatu

Fotos: Divulgação

A Porto Seguro está em Botucatu (SP) com sua Linha de Inspeção Veicular até sábado, 25 de janeiro, das 9 ? s 17 horas, na Praça Pedro Torres, s/no. A ação é realizada em parceria com a Angella Centro Automotivo Porto Seguro e Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semutran). Segurados e não segurados podem levar seus veículos para realizar diagnósticos gratuitos em diversos itens de segurança, como sistema de freios e suspensão, alinhamento, luzes, bateria e alternador, além da análise da emissão de poluentes.

A iniciativa da Porto Seguro visa auxiliar os motoristas na avaliação de seus veículos, para que evitem problemas com multas e acidentes provocados pela falta de cuidados com os automóveis, durante viagens ou passeios. Nas Linhas de Inspeção, os condutores têm acesso a uma série de diagnósticos gratuitos, que permitem conhecer melhor as reais condições de uso de seus carros. A partir da avaliação feita por profissionais especializados, o motorista é orientado sobre as manutenções que eventualmente precise realizar para garantir um uso mais seguro de seu veículo no dia a dia.

Ao passar pela Linha de Inspeção da Móvel Porto Seguro, o motorista recebe ainda um relatório com a análise de emissão de poluentes do veículo, contendo a quantidade de gás carbônico (CO2) que o mesmo lança na atmosfera, em comparação com a quantidade adequada, levando-se em conta modelo, ano e combustível que utiliza. Apresenta também os resultados dos demais itens analisados e o técnico da Porto Seguro indica as possíveis soluções para o problema, regulagens ou reparos necessários.

O secretário municipal de Mobilidade Urbana, Vicente Ferraudo, ressalta a importância da realização do evento, promovido em Botucatu desde 2010. “Essa inspeção é muito importante, pois agora é um período de férias e as pessoas necessitam estar com seus veículos em condições normais de uso para segurança no trânsito. Além disso, se o carro não estiver em condições normais, estará poluindo o meio ambiente e consumindo mais combustível. Vale ressaltar ainda que esse serviço é gratuito”, destaca o secretário.