Ponte do Rio “Capivarinha” corre risco de desmoronamento

As fortes chuvas que estão caindo na região além de estar causando transtornos na zona urbana da cidade, também afeta a zona rural. Um dos casos graves está na ponte do Rio “Capivarinha”, mas proximidades do km 4 da rodovia vicinal Alcides Soares, que liga Botucatu ao Rio Bonito.

O rio que está com seu nível de água muito acima do normal, cobriu uma grande extensão da vegetação de mata nativa nos arredores dos dois lados de sua margem. Na manhã desta terça-feira o nível de água estava a apenas um metro da ponte e faltou muito pouco para alagar a rodovia, que tem um fluxo considerável de veículos todos os dias.

A ponte está desbarrancando e toda a terra da lateral de um dos lados da ponte foi levada pela enxurrada rio abaixo e uma cratera foi formada na lateral da ponte. A continuar esse tempo, a tendência é que esse buraco aumente e venha a causar problemas maiores.

Ciente do problema, o coordenador da Defesa Civil do Município, Domingos Chavari Neto alegou que o problema deverá ser solucionado assim que o tempo melhorar. “Estamos atentos a esse problema e vamos tomar providências. Realmente, a chuva que caiu nesses últimos dias causou avaria, pois levou muita terra e danificou a ponte”, colocou Chavari.

Ele adianta que já fez um relatório do problema e irá encaminhar ? Secretaria de Obras. “Os usuários da rodovia podem ficar tranquilos que o problema causado pelas chuvas será solucionado. É só o tempo melhorar”, comentou Chavari.

O coordenador também atendeu a muitos casos na área urbana da cidade causados pelas chuvas, como refluxos de água do esgoto, transbordamento de ribeirão, alagamentos de ruas, inundações e até desabamento parcial de casas e muros. “Estamos tendo muito trabalho nesses últimos dias, pois as chuvas ocasionaram muitos problemas e nós estamos prestando atendimento ? s pessoas que, de alguma maneira, foram prejudicadas”, finalizou Chavari.

Fotos: Valéria Cuter