Pesquisa da Anestesiologia da Unesp será publicada em revista

O Departamento de Anestesiologia da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) teve seu primeiro protocolo aceito pelo Grupo Anestesia do Cochrane para posterior publicação de artigo científico na revista The Cochrane Database of Systematic Reviews, que tem fator de impacto 5.912. É o 6º protocolo da Medicina Baseada em Evidências da FMB que consegue essa aprovação, por ser considerado de alta relevância.

O trabalho, intitulado “Intravenous versus inhalation anaesthesia for patients undergoing on-pump or off-pump coronary artery bypass grafting”, tem como autores os professores Norma Pinheiro Módolo e Leandro G. Braz; Marília P. Módolo (aluna de graduação), Marcos A. Marton (aluno de graduação), Rodrigo Alves (aluno de pós-graduaçao na Anestesia) e professora Regina El Dib, coordenadora da Medicina Baseada em Evidências da FMB.

O objetivo da pesquisa é identificar qual a melhor técnica anestésica para pacientes submetidos a cirurgia de revascularização do miocárdio, com e sem a utilização de extracorpórea. Os pacientes submetidos a esse procedimento geralmente são de alto risco e tem várias complicações no pós-operatório.

As técnicas comparadas são: anestesia intravenosa e anestesia inalatória. “Ainda não há consenso na literatura sobre a técnica anestésica mais adequada para diminuir comorbidades e despesas com internação, por exemplo, para a realização desse procedimento. Por isso, estamos buscando evidências”, afirma professora Norma Modolo, co-autora do protocolo.

A aprovação do protocolo – planejamento do estudo, que demora cerca de um ano para ser concluído – é o primeiro passo para a publicação do artigo científico pela revista do Cochrane. A publicação do estudo deve ocorrer ainda neste mês.

Fonte: Leandro Rocha
Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB