Patologia da Medicina é premiada em congresso

Médicos residentes do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) participaram e foram premiados durante o 29º Congresso Brasileiro de Patologia, realizado entre os dias 13 e 16 de novembro, em Florianópolis-SC. Ao todo, sete residentes da FMB participaram do congresso em 3 categorias e três deles foram selecionados, em diferentes momentos, entre os melhores do evento.

Os residentes Ricardo Abeche Fermozelli (R3), Cristiano Claudino Oliveira (R2) e José Candido Caldeira Xavier Júnior ( R2) foram premiados durante o Seminário de Lâminas dos Residentes. Entre 20 casos enviados, seis foram selecionados e três dos premiados são dos autores da FMB, com os seguintes diagnósticos:
“Sarcoma de células claras” – Ricardo Abeche Fermozelli, com orientação do Dr. Flávio de Oliveira Lima; “Teratoma com carcinoma embrionário do mediastino, associado ? sarcoma histiocítico na medula óssea” – Cristiano Claudino Oliveira, com orientação dos professores Maria Aparecida Custódio Domingues e Julio De Faveri e “Micetona” – José Candido Caldeira com orientação da Professora Mariângela E. A. Marques.

Na categoria “Poster de Residente”, de todos os trabalhos apresentados, 13 foram selecionados e 10 receberam prêmio. Entre eles, dois são de autoria do residente Cristiano Claudino Oliveira, com orientação das professoras Maria Aparecida Custódio Domingues e Mariângela Esther A. Marques, e um de autoria do residente José Candido Caldeira Xavier Júnior, com orientação da professora Rosa M. Viero.

Os trabalhos reconhecidos foram: “Linfoma da zona cinzenta do mediastino: caracterização clínico-morfológica de uma série de casos” e “Granuloma facial: aspectos anátomo-patológicos e clínicos em série histórica de casos (1998-2012), ambos conduzidos por Cristiano Oliveira, e “Relato de Caso: Glomerulonefrite Membranosa Positiva para PLA2R associada a Doença de Chagas”, produzido por José Candido.

Ainda durante o congresso, Cristiano Oliveira foi contemplado com o “Prêmio SBP”, oferecido pela Sociedade Brasileira de Patologia, pelo estudo: “A proteína fascina é um marcador de invasão tumoral no fronte de carcinomas de células escamosas de laringe”, com orientação da professora Maria Aparecida Custódio Domingues.

Participar de um evento como o Congresso Brasileiro de Patologia é uma grande oportunidade de aprendizado para nós residentes. Acredito que o fato de termos três residentes de nosso departamento premiados na categoria Seminário de Lâminas mostra a organização da Residência Médica em Patologia da FMB/Unesp.

Além disso, a premiação que também recebi em outras categorias é o reconhecimento de trabalhos realizados em nosso departamento com atuação de nossos docentes e também de alunos de graduação. Essa premiação deve ser um estímulo para nosso departamento e para nossa residência médica continuar crescendo”, declara Oliveira.

{n}Sobre o Departamento {/n}

O núcleo do Departamento de Patologia foi o primeiro a chegar ? FCMBB, em outubro 1962, representado pelo Prof. Mario Rubens Guimarães Montenegro, procedente da FMUSP de São Paulo. A Residência em Patologia, teve início em 1971 e o curso de Pós-Graduação em Patologia em 1989.

A Missão do Departamento de Patologia da FMB é: Exercer a Patologia Diagnóstica, a Pesquisa e o Ensino de Patologia em Nível de Excelência e Ética, de modo a otimizar continuamente o atendimento aos nosso clientes, formar e desenvolver recursos humanos competentes e contribuir para o conhecimento técnico e cientifico.

A Visão do Departamento é: Ser um Centro de Anatomia Patológica com Excelência reconhecida em todos os segmentos, produzindo serviços, ciência e recursos humanos de qualidade para a sociedade. A Filosofia do Departamento de Patologia é: Ética, Comprometimento e Qualidade.