Obras da Pinacoteca seguem o cronograma

Botucatu segue com o cronograma previsto nas obras de restauração do prédio do antigo Fórum da Cidade, onde será instalada a primeira Pinacoteca do interior do Estado de São Paulo. A obra é viabilizada por meio de convênio com a Secretaria de Estado da Cultura, com um repasse de R$ 11 milhões ao Município.

A reforma prevê, além dos serviços de restauro, impermeabilização, pintura, hidráulica, elétrica e iluminação, também a construção de calçadas e paisagismo no entorno do prédio que tem área total construída de 2.878 m². Ele é dividido em subsolo, térreo, primeiro, segundo, e terceiro pavimentos.

“Estamos satisfeitos com o andamento da obra. A empresa responsável tem se mostrado comprometida com o processo, tendo bastante agilidade nas tratativas. Nesta etapa, está sendo feito o reforço dos alicerces do prédio. Outro fator relevante é a recuperação do porão, que melhorará significativamente a funcionalidade do prédio e irá revitalizar um espaço a que poucas pessoas tinham acesso. Além disso, estamos chegando ? finalização do projeto junto ? Pinacoteca do Estado no que diz respeito ? parte de visão e utilização dos espaços. A previsão de inauguração é para abril de 2015”, prevê Ribeiro.

Ainda de acordo com o secretário, há também um cuidado com a vegetação no entorno do local. “A Secretaria de Meio Ambiente já realizou todo o mapeamento das plantas. As árvores estão etiquetadas e catalogadas”, coloca. “Além disso, elas estão protegidas por um cercado de madeira a fim de que não haja nenhuma interferência da obra sobre as mesmas”, complementa.

{n}Sobre a Pinacoteca{/n}

A Pinacoteca de Botucatu irá abrigar salas voltadas a exposições temporárias e de longa duração (pintura, gravuras, fotografias), espaços para o setor educativo, leitura, estudo, restauro, ateliês, biblioteca, recepção/bilheteria e um auditório para conferências, além de sanitários e salas para o setor administrativo. Tudo com acessibilidade adequada através de rampas e elevadores.

Um dos destaques será o Museu de Arte Contemporânea Itajahy Martins, que será instalado no térreo do edifício. A tradicional instituição museológica da Cidade, que em 2014 completa 30 anos, tem cerca de 300 obras de importantes artistas nacionais e internacionais, com grande potencial de dialogar com o acervo da Pinacoteca de São Paulo.

A Pinacoteca de Botucatu receberá, periodicamente, parte do acervo da Pinacoteca do Estado. Além disso, com a reforma do antigo Fórum, as atividades educativas poderão se concentrar também sobre a questão do patrimônio histórico e sua preservação. Quando o edifício estiver pronto, a expectativa é de que estas atividades beneficiem as cidades distantes até 100 quilômetros de Botucatu.