Nelson Lara assume a Secretaria de Planejamento

Durante reunião realizada na sede da Associação de Engenharia de Botucatu, ocorreu a cerimônia de transmissão de cargo de secretário municipal de Planejamento que passa a ser ocupado pelo engenheiro civil Nelson Silva Lara. Ele substituirá Nivaldo Vizotto, que apresentou pedido de exoneração do cargo em decorrência da aproximação de sua aposentadoria. O evento foi prestigiado por engenheiros, arquitetos, secretários municipais e contou com a presença do prefeito João Cury Neto.

Antes de deixar o cargo, Vizotto fez uma apresentação do SAP (Sistema de Acompanhamento de Processos) que permitirá por meio do site oficial da Prefeitura de Botucatu, a disponibilização de informações em tempo real sobre o andamento de processos para engenheiros e arquitetos. Ao falar do período em que esteve a frente da Secretaria de Planejamento, destacou os avanços obtidos nos estudos de atualização e formulação de nova legislação, além de aprimorar os instrumentos para relacionamento com os profissionais da área.

“Fico feliz em fazer essa passagem ao Nelson Lara, companheiro de quase vinte anos aqui na Prefeitura. Quando assumi a secretaria, assumi o compromisso com o prefeito de adequar a pasta a uma nova dinâmica, acertando a parte de documentação que estava muito demorada. Todo o trabalho realizado nesses sete meses foi de forma consciente. O Nelson acompanhou o desenrolar dos acontecimentos e passando para ele será uma continuidade. Avalio minha passagem como positiva e deixo votos de felicidade ao Nelson. Agradeço ao prefeito pela confiança depositada mais uma vez”, disse Vizotto, que na primeira gestão de João Cury ocupou o cargo de secretário de Obras.

Antes de concretizar sua aposentadoria, Vizotto terá a tarefa de conduzir os trabalhos do georreferenciamento que será realizado pela primeira vez em Botucatu. “Quando adentrei a prefeitura, em 1983, logo fui designado pelo prefeito Jamil Cury para fazer recadastramento da cidade. Demoramos nove meses para concluir as medições porque tudo era feito in loco. Agora com as novas tecnologias o trabalho será mais dinâmico e mais rápido. Pela primeira vez a cidade será georreferenciada através de 223 km quadrados de voo. Isso nos permitirá atualizar nosso cadastro imobiliário e o software permitirá compartilhar dados com as mais diferentes secretarias. Será um grande avanço para o planejamento e o desenvolvimento da cidade”, analisa.

Já falando como novo secretário, Lara fez questão de agradecer a confiança do prefeito João Cury e disse que pretende dar continuidade as ações que começaram a ser implementadas por seu antecessor. No âmbito da legislação, entre as principais iniciativas estão a revisão do Plano Diretor, revisão do Código de Obras, revisão da Lei de Uso e Parcelamento de Solo e instituição do Código de Posturas. Também está em vias de ser enviado ? Câmara o estudo do impacto de vizinhança e a proposta do novo sistema viário do município que está em fase final de estudo.

“Estou completando 19 anos de atividade na vida pública, sempre ocupando cargos de confiança. Isso traz uma bagagem boa, que me permitiu conhecer bem a cidade e o dia a dia da própria secretaria. Entende que uma das principais prioridades é a aprovação do plano de sistema viário que nos permitirá estabelecer novas leis de uso e ocupação do solo, de zoneamento e a revisão de todo plano diretor. Entendo como um dos pontos principais do planejamento do município. Sei que o volume de serviço será grande porque a cidade cresceu muito. Agradeço o prefeito João Cury e espero corresponder a confiança que ele deposita em meu trabalho”, declarou.

Lara fez questão de ressaltar a importância de manter canal de comunicação permanente com os profissionais das áreas de engenharia e arquitetura e destacou a contribuição que a Associação de Engenharia tem dado para o desenvolvimento da Cidade.

“Posso citar como exemplos o trevo de entrada da rodovia João Hipólito Martins que foi implantado no local onde está hoje por conta da Associação de Engenharia, já que era na Casa da Lavoura. Foi feito um trabalho junto ao secretário dos transportes da época, o Dr. Paulo Maluf e feita a mudança. A entidade também contribuiu para a conquista da passagem inferior aos trilhos da Fepasa para quem vai para a Unesp. Conseguimos convencer o secretário Adriano Branco a executar a obra. Além disso, o primeiro Plano Diretor de Botucatu foi idealizado em 1986 dentro da Associação de Engenharia. Atualmente, a entidade mantém convênio com o município para a fiscalização de obras na Cidade. Em dois anos de trabalho foi possível fazer mais que o corpo da prefeitura em 20 anos por conta da estrutura que permitiu agilizar a fiscalização. A ideia é continuar batalhando para o desenvolvimento do município”, ressaltou.

O prefeito João Cury fez questão de agradecer a colaboração de Vizotto no período em que esteve ? frente do Planejamento e desejou sucesso a Nelson Lara. “A Secretaria de Planejamento tem uma importância grande dentro da estrutura do governo. A escolha pelo Nelson Lara se deve a sua enorme experiência e capacidade técnica comprovada. Além disso, ele goza de nossa total confiança do ponto de vista da sua integridade, da sua decência.

Tenho certeza de que ele vai executar um grande trabalho. O Vizotto está em vias de se aposentar e me procurou entendendo que já havia dado a sua contribuição para o governo. Para encerrar esse ciclo de forma mais tranquila, sem assumir tantas responsabilidades, ele decidiu deixar o comando da Secretaria. Entendemos que tem uma certa lógica, já que por volta de abril de 2014 ele entrará com seu pedido de aposentadoria. Isso poderia ocasionar uma ruptura de processo. Temos uma gratidão enorme por tudo que ele fez”, declara Cury.

{n}Currículo{/n}

Nelson Silva Lara, 65, é botucatuense, formado em engenharia civil pela Fundação Educacional de Bauru (1973). No setor público ocupou diversos cargos entre eles diretor de obras, presidente da Comissão Permanente de Licitações (Copel), assessor de planejamento e diretor de planejamento.

Foi responsável pelo acompanhamento e fiscalização de obras importantes como a construção do ginásio municipal de esportes, a construção do terminal rodoviário e a duplicação do viaduto da Fepasa, na Rua Major Matheus.

Ocupou os cargos de presidente e vice-presidente da Associação de Engenharia de Botucatu. Atualmente ocupa o cargo de inspetor chefe da Inspetoria Executiva do CREA-SP/Botucatu. Presta serviços como autônomo na elaboração de projetos e direção técnica de obras de construção civil. Atuou na elaboração e fiscalização de projetos de edificações em empresas e instituições importantes como a Unesp, Famesp, Sabesp, Embraer e Misericórdia Botucatuense.