Muro do Pontilhão da Fepasa desaba em razão das chuvas

Mais uma vez as fortes chuvas que desabaram sobre o município nesta quinta-feira causou transtornos em diferentes pontos da cidade. Entre os registros estão: queda de galhos de árvores e placas de publicidade, alagamento em pontos de grande fluxo de veículos como o Viaduto Bento Natel, na Vila Aparecida ou Avenida Vital Brasil, em frente ao Terminal Rodoviário, com o transbordamento do ribeirão Água Fria, além de invasão de água e lama em residências e destelhamento.

Um dos casos mais graves foi a queda do muro ao lado do Pontilhão da Fepasa, que liga o centro da cidade com a Vila dos Lavradores. A estrutura de concreto não resistiu ao peso da água e lama vindo a cair. Por sorte, no momento da queda não havia ninguém passando pelo local.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil do Município, Domingos Chavari Neto, está sendo feito um levantamento dos danos causados pela chuva para elaboração de um relatório. “Mais uma vez a força da natureza causou problemas da cidade. Recebemos diversas ligações e estamos checando os danos. Não registramos nenhum caso de pessoas feridas, mas como tivemos prejuízos materiais vamos procurar dar nossa ajuda e solidariedade ? s vítimas”, frisou Chavari.

{n}Fora do ar{/n}

Na Torre de Retransmissão de TV de Botucatu, no Jardim Paraíso, onde estão instaladas várias antenas de diferentes redes de televisão, as chuvas danificaram aparelhos e algumas emissoras foram tiradas do ar, entre elas a Rede TV (canal 42), Mix TV (canal 52) e MTV (canal 46).

“Infelizmente entrou água em alguns aparelhos e eles foram, temporariamente, desativados para poderem passar pelo processo de secagem e serem examinados por técnicos para que sejam avaliados os danos. Não podemos precisar quanto tempo isso irá levar”, comentou o operador da Torre de TV, Ilson Tavares.

Se por um lado Tavares lamentou o fato de algumas emissoras terem saído, temporariamente do ar, ele revelou que a TV Século 21 que antes era sintonizada no canal 50 (UHF), em Botucatu, passou a operar no canal 7 (VHF), a partir desta quinta-feira.

A mudança ocorreu em atendimento ao cumprimento de determinações legais impostas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A TV Século 21 é uma emissora de televisão, com sede em Valinhos, fundada em julho de 1999. Sua programação é majoritariamente voltada a aspectos relacionados a Igreja Católica.

Fotos: Valéria Cuter