Mundo virtual também precisa de seus limites

Nunca é demais repetir que a internet tem sido usada por alguns de forma equivocada, irresponsável e, às vezes, criminosa, acabando com a reputação de pessoas. Pela internet pode se fazer novas amizades, mas é preciso ter muito cuidado, pois a pessoa com quem está  falando pode não ser aquela que pensas que é.

Um caso ocorrido recentemente em Botucatu envolvendo duas jovens que tiveram suas fotos inseridas num site de prostituição gerou um problema que demorará tempo para ser esquecido. O autor desse crime abominável se identificou, estrategicamente,  como João da Silva. Imaginem quantos Joãos da Silva existem no Brasil. 

Infelizmente atos como o desse covarde que sente prazer em prejudicar a imagem alheira não são comuns. Existem muitas pessoas com essa índole nefasta e doentia que faz xingamentos, injúrias e calúnias pela internet, mas poucos sabem que esse crime não está impune. Quem estiver sendo vítima, pode registrar Boletim de Ocorrência e ingressar com ação de danos morais. É importante imprimir as páginas e procurar o Cartório de Registro de Pessoas para adquirir uma Ata Notarial, que confirma a existência da postagem.

Por se propagar de forma rápida, xingamentos e postagens na internet podem ocasionar conseqüências indesejáveis aos covardes que usam dessa estratégia, tanto no bolso, por causa dos danos morais, quanto na imagem. Hoje a tecnologia não deixa nenhum criminoso impune. E não vou aqui fazer corporativismo, pois tem pseudo jornalista que usou fake para denegrir a imagem de pessoas e instituições. A esse tipo de gente o nosso repúdio.

Não faz muito tempo me manifestei sobre esse assunto, mas nunca deixa de ser atual. É necessário que as pessoas saibam com quem mantém amizade nas redes sociais, pois uma pessoa com esse perfil criminoso não se contenta em manusear apenas um fake. É dissimulado, mentiroso e muitas vezes cria vários fakes com nomes, codinomes e sobrenomes diferentes. Temos mesmo que ficar atentos com esses crápulas da internet e não dormir com um inimigo fake no computador. Em caso de desconfiança procure um advogado para receber as orientações necessárias e buscar o rastreamento do criminoso. Mais vale prevenir do que ter que remediar.