Mulher sai de entidade de idosos e sofre acidente

Um caso envolvendo uma mulher chamada Lurdes, de 78 anos de idade, está sendo comentado nas redes sociais envolvendo o Centro de Convivência do Idoso (CCI) – “Aconchego”. Segundo familiares a mulher se feriu gravemente depois de sair da entidade e cair em via pública. O caso e a foto da mulher está circulando nas redes sociais da Cidade.

Relata a família que há mais ou menos dois anos, todas as terças e quintas-feiras das 13 ? s 17 horas a mulher portadora de uma demência frequenta o Centro e até então, nada de anormal havia acontecido. Porém, na última terça-feira (13), por volta das 16 horas, a família alega que foi surpreendida com um telefonema da assistente social, informando que a mulher havia encontrado o portão destravado e saído sozinha caindo em via pública em área do Lageado.

A queda foi presenciada por uma testemunha que acionou a viatura do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e ela foi encaminhada ao Pronto Socorro (PS), do Hospital das Clínicas (HC) de Rubião Júnior, onde permaneceu internada até o dia seguinte.

“Minha avó saiu de casa ótima (claro que com suas limitações) e retornou com, aproximadamente, 20 pontos pelo rosto, um colete cervical, por ter sofrido um trauma na coluna cervical e escoriações pelo corpo todo”, colocou um dos familiares da mulher, que entende que houve falha dos funcionários, já que a mulher não poderia sair da entidade sozinha.

Em nota assinada pelo presidente da entidade, Luiz Carlos dos Santos; coordenadora administrativa Maria Helena Jorge Branco; e a coordenadora técnica, Silmara do Amaral Tse o CCI relata o que aconteceu com a mulher, lamentando o ocorrido.

{n}Íntegra da nota do Aconchego{/n}

“O Centro de Convivência do Idoso – “Aconchego”, Instituição que atende pessoas idosas com comprometimentos físicos e/ou cognitivos, vem a público esclarecer que no dia 13/08/2013, uma senhora com características de quadro demencial, usuária de nossa instituição saiu por um dos nossos portões, que infelizmente somente após o ocorrido, viemos a constatar que estava com a fechadura defeituosa.

A idosa foi sozinha até o Lageado, andando alguns metros e sofreu uma queda. Um estudante a encontrou, e nos comunicou e imediatamente nossos funcionários foram até lá. Chegando foi verificado que a idosa já estava sendo socorrida pelo Resgate e conduzida para o Pronto Socorro da UNESP acompanhada pela Assistente Social da Instituição.

A conduta da instituição foi avisar os familiares responsáveis, se colocando de pronto ? inteira disposição dos mesmos.

No Pronto Socorro da UNESP foi constatado que a idosa sofreu escoriações, e no momento encontra-se em casa em recuperação.

A Instituição se solidariza com a família e lamenta o ocorrido, e ressalta que em 12 anos de atendimentos, com atualmente um quadro de 153 idosos é a primeira vez que um episódio deste acontece.

O Aconchego conta com uma Equipe Multiprofissional que está aberta a quaisquer esclarecimentos a todas as pessoas que quiserem conhecer nosso trabalho”.