Moradia da Unesp passa a contar com internet banda larga

Estudantes que se utilizam da Moradia Estudantil da Unesp, em Botucatu, têm disponível desde o final de 2012, acesso ? internet banda larga e telefonia Voip (que se utiliza da rede mundial de computadores para ligações telefônicas). A implantação integra o plano de modernização e ampliação da estrutura de telecomunicação da universidade.

A atualização desta estrutura e a implantação da rede banda larga na Moradia Estudantil foram iniciativas da Administração Geral do Câmpus e coordenada pelo Serviço Técnico de Informática do Instituto de Biociências de Botucatu (IBB). Esta ação possibilitou a troca dos cabos antigos por de fibra ótica nos campus de Rubião Júnior e da Fazenda Experimental Lageado. Isso permitiu aumentar a velocidade de conexão na rede da universidade para 200 megabytes/segundo.

Foram instalados na Moradia, 22 pontos de rede física por cabo e locais para a conexão sem fio (Wi-Fi). Através da estrutura, foi possível a instalação de telefonia Voip o que permitirá o contato com as demais unidades da Unesp sem custo. Chamadas locais e para celulares podem ser feitas mediante tempo de uso estabelecido conforme política da universidade. Mantida pela universidade, o alojamento tem estrutura de 64 apartamentos divididos em oito blocos, a com capacidade para abrigar 68 estudantes.

“Por questões técnicas e geográficas não era possível disponibilizar anteriormente esta conexão ? Internet. Com a modernização da rede da universidade foi viabilizada esta expansão que era uma reivindicação antiga dos alunos”, frisou Luiz Alberto Jerônimo, diretor do STI do Instituto de Biociências.

O acesso ? rede seguirá os protocolos vigentes na universidade em que alunos, servidores técnico-administrativos e professores se utilizam do email institucional e seu registro para esta atividade. A medida permite, ainda, acesso ? internet em qualquer uma das 32 unidades da Unesp espalhadas pelo Estado.

Para o professor Edivaldo Velini, diretor da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) e presidente do Grupo Administrativo do Campus, a instalação de internet banda larga será mais uma ferramenta a pesquisa e estudos. “A rede (mundial de computadores) hoje é uma necessidade básica para a pesquisa e um complemento importante no ensino dos universitários”, realçou.

{n}Processo seletivo {/n}

Os alunos interessados no uso da estrutura da Moradia Estudantil já podem participar do processo seletivo para o preenchimento de vagas referentes a 2013. O cronograma, formulários e relação da documentação necessária estão disponíveis no site do Grupo Administrativo do Câmpus (GAC), pelo endereço www.btu.unesp.br.

O aluno passará por uma avaliação sócio-econômica tendo como base a renda e despesas da família e também seu desempenho acadêmico, no caso de alunos veteranos. A seleção será realizada por profissionais especializados indicados pela Comissão Local de Moradia Estudanti, mediante a análise preliminar do formulário documentado, complementada por uma entrevista e visita domiciliar, se forem necessárias.

Fonte: Flávio Fogueral
Assessoria de Comunicação e Imprensa IBB/Unesp