Mercado eleva oportunidade profissional em farmácias

De janeiro a abril, as principais redes de farmácia do Brasil venderam R$ 8,76 bilhões. Em comparação com o mesmo período de 2012, houve crescimento de 12,24%. Além do aumento nas vendas, o número de estabelecimentos comerciais cresceu 9,73%. A pesquisa foi produzida pela Fundação Instituto de Administração (FIA/USP) e divulgada em junho pela Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma).

“Nesse cenário positivo, a expansão do segmento farmacêutico é acompanhada pela crescente demanda por profissionais qualificados e bem preparados na produção, organização e distribuição de produtos, e em serviços relacionados com a assistência farmacêutica”, afirma Christian Henrique Dias de Moraes, docente da área de farmácia do Senac Botucatu.

De acordo com ele, a oferta de emprego aumentou, mas para atuar no segmento é preciso ter conhecimentos básicos sobre conservação e posologia de medicamentos e noções de atendimento ao cliente.

“O setor precisa de profissionais preparados para a recepção dos clientes, auxílio dos farmacêuticos, organização da qualidade e logística dos produtos, atuação dos processos de distribuição de doses de medicamentos e no controle de estoque”, diz.

Para capacitar pessoas com interesse em atuar na área, o Senac Botucatu está com inscrições abertas para o curso Técnico em Farmácia. A programação, que tem duração de 1.200 horas, ensina sobre ambientação profissional, atendimento, políticas de promoção ? saúde, processos básicos na preparação de medicamentos e cosméticos, gestão empreendedora e marketing de vendas.

Os profissionais formados no curso também podem atuar em farmácias de manipulação, homeopáticas e hospitalares, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), distribuidoras e indústrias de medicamentos e cosméticos.