Mais de 1300 trabalharam como mesários nas eleições 2016

 

eleitor-ja-pode-se-inscrever-como-mesario-voluntario-das-eleicoes-adAdEHNesta eleição, mais de 1.300 pessoas atuaram como mesários entre as cidades de Botucatu, Itatinga e Pardinho. Pela primeira vez a 26ª Zona Eleitoral trabalhou com 100% de voluntários. A indicação, muito comum no passado, foi abolida nesta Eleição, dando espaço para aquelas pessoas empenhadas em contribuir com a Justiça Eleitoral.

Com essa ação, o trabalho de voluntário deixou de ser uma obrigação para se tornar uma satisfação pessoal. É o caso da servidora pública estadual, Beatriz Galvão de Avellar Pires, que participa das Eleições há 42 anos, época que trabalhar nas Eleições era uma obrigação.

“Desde dos 18 anos participo de uma forma ou outra de eleições. Ser mesário ou fiscal no tempo dos votos de cédulas era desgastante. Chegávamos ao final do dia esgotados, mas com a consciência do dever cumprido. E eram horas e horas até finalizar tudo, tumulto, cuidados extremos, atenção em meio ao caos. Muito diferente a partir das urnas eletrônicas. Sem tumulto, um trabalho bem mais tranquilo. A rapidez com que tudo acontece, os resultados quase de imediatos. Sou grata a equipe do Cartório Eleitoral de Botucatu, que com muita dedicação e empenho garantiu a nós mais um ano de eleição tranquila”, declarou a mesária.

A mesma satisfação teve Caio Henrique de Souza Gonçalves, de 23 anos, que trabalhou como mesário pela primeira vez. “Um amigo que convidou e achei interessante. Sempre tive curiosidade em trabalhar nas Eleições. É muito satisfatório poder contribuir com a Justiça Eleitoral”, afirmou.

Para Maria Salete Boni Passaroni, psicóloga do Tribunal de Justiça de São Paulo, ser mesária é um orgulho. “Trabalho com muito prazer. A equipe do Cartório Eleitoral de Botucatu, como sempre, manteve o patamar de excelência em todas as fases do processo eleitoral. Desde a convocação, treinamento, preparação dos locais de votação, equipes de apoio, etc. Foi realmente gratificante contribuir para que o exercício da cidadania de todos os brasileiros, sem distinção, ocorresse de forma tranquila e eficaz. Espero poder repetir o feito nas próximas eleições”.

O acolhimento dos eleitores também é algo prazeroso para os mesários. Alessandra Correa sentiu isso na pele no último dia 02 de outubro. “Eu agradeço por mais uma vez ter a oportunidade atuar nas eleições, e do meu jeito simples poder atender as necessidades do TRE e da população que prontamente se deslocou de suas casas para cumprir o seu papel de cidadania. Alguns meio a contragosto, talvez por não entender a importância deste ato, mas muitos com satisfação de estar lá decidindo o futuro da cidade. Nada melhor que ser bem recebido e acolhido, foi o que eu e minha equipe procuramos fazer neste dia”.

Como se voluntariar

Todo eleitor maior de 18 anos e em situação regular com a Justiça Eleitoral pode ser mesário. Quem tiver interesse em se cadastrar no banco de dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para as próximas eleições pode acessar o site www.tresp.jus.br e seguir as instruções ou comparecer ao Cartório Eleitoral, que fica a Rua Monsenhor Ferrari, 466, Centro. Mais informações podem ser obtida pelos telefones 3814-5536 ou 3815-5379.

Adriana Pessoa – Assessoria 26ª Zona Eleitoral