Lojas CEM de Botucatu é reinaugurada em grande estilo

Um grande número de pessoas esteve presente na solenidade de reinauguração das Lojas CEM, instalada na Avenida Floriano Peixoto, nº 585, na região central de Botucatu. A loja passou por uma completa reformulação para poder prestar um melhor atendimento ? população.

Em comemoração ao evento, a Lojas CEM realizou várias promoções em diferentes produtos, principalmente na área dos móveis e eletrodomésticos. Para alegrar a festa as crianças puderam participar de brincadeiras com palhaços e da distribuição de pipoca e algodão doce.

Para o gerente da unidade de Botucatu, Paulo Henrique Pereira, o novo espaço da loja, foi pensado com o objetivo de dar maior comodidade e opção de compras ao consumidor. “Essa reformulação na loja foi idealizada para que o nosso cliente se sinta mais ? vontade e possa desfrutar de todas as ofertas que a loja proporciona. Para esse evento oferecemos uma superpromoção de reinauguração e estaremos sempre realizando promoções. Por isso, convidamos a população para que venha conhecer a loja e tudo que ela tem a oferecer”, convida o gerente.

{n}Um pouco da história{/n}

A história de sucesso das Lojas CEM não é recente. Começou em 1952, na cidade de Salto, interior de São Paulo. O fundador, Remígio Dalla Vecchia, decidiu montar um negócio de conserto e venda de bicicletas, peças e acessórios. Seu Gino, como era conhecido, abriu a Casa de Bicicletas Zanni e Dalla Vecchia com a ajuda da esposa, Nair Zanni Dalla Vecchia.

Em 1959, com o trabalho e a determinação dos filhos e do genro do fundador, os rumos da empresa começaram a mudar. A seção de peças e consertos cedeu espaço aos primeiros eletrodomésticos. Sete anos mais tarde, em 1966, a loja transferiu-se para seu primeiro prédio próprio, introduzindo também a comercialização de móveis.

Seu Gino aposentou-se em 1968. A partir de então, a empresa, cujo nome já havia mudado para R. Dalla Vecchia S/A, passou a ser dirigida por um conselho de diretores.

O objetivo traçado era ir muito além das quatro lojas existentes na época. Para isso, era preciso um nome curto, impessoal, fácil de falar e de memorizar. A sigla CEM – Centro dos Eletrodomésticos e Móveis – foi escolhida em 1976 por meio de um grande concurso que movimentou a região.

A partir daí, as Lojas CEM não pararam mais de crescer. Dezenas de filiais foram e continuam sendo construídas e inauguradas com absoluto sucesso, gerando empregos, aumentando a arrecadação de impostos e fortalecendo comércio local.

Fotos: Valéria Cuter