Juízes receberão honrarias na Câmara Municipal

Por iniciativa do vereador Lelo Pagani (PT), através de Decreto Legislativo aprovado pela unanimidade dos vereadores em 02 de março de 2012, os juízes Alfredo Gehring Cardoso Falchi Fonseca, titular da 2ª Vara Cível da Comarca e Josias Martins de Almeida Junior, diretor do Fórum e titular da 1ª Vara Criminal e da Vara da Infância e Juventude, receberão o diploma de “Honra ao Mérito” e “Cidadão Botucatuense”, respectivamente. A sessão solene acontece na noite desta sexta-feira (9), a partir das 19h30, na sede da Câmara Municipal de Botucatu.

Na justificativa dessas honrarias, Pagani se pautou, principalmente, no trabalho que os magistrados desenvolveram, juntamente com o Poder Público, Tribunal de Justiça de São Paulo e outros segmentos da sociedade, para a construção do novo Fórum de Botucatu que será inaugurado no segundo semestre deste ano no Jardim Riviera.

Pagani faz um rápido histórico da vida dos magistrados, desde que ingressaram na Faculdade até assumirem a titularidade das Varas da Comarca de Botucatu. Lembra que quando a cerimônia da assinatura do contrato para construção do Fórum foi feita, o diretor era Alfredo Fonseca que passou o cargo a Josias Júnior, que acompanhou todo o processo da construção.

“Mesmo estando há pouco tempo em Botucatu os dois magistrados têm uma extensa folha de serviços prestada ? Cidade, principalmente no que diz respeito ao novo Fórum, onde ambos atuaram como diretores da família forense. Sugeri essa homenagem e os demais companheiros da nossa Casa de Leis, aprovaram a iniciativa”, disse Pagani. “A atuação dos magistrados demonstra de forma clara e inequívoca, o apreço, estima e dedicação ? comunidade botucatuense e são merecedores dessas honrarias”, acrescentou o vereador petista.

O juiz José Antonio Tedeschi, juiz de Direito em Botucatu e Coordenador de Circunscrição da Associação Paulista de Magistrados do Estado de São Paulo (APAMAGIS), elogiou a iniciativa da homenagem relatando que testemunhou, fase a fase, a conquista do novo Fórum e acompanhou as tratativas junto ? presidência do Tribunal de Justiça de São Paulo, na qualidade de coordenador da APAMAGIS.

“Os doutores Alfredo e Josias souberam compreender a real necessidade da comunidade jurídica botucatuense que amargava a falta de um prédio próprio para a Justiça local, desde a interdição do fórum da Praça Rui Barbosa e tiveram importante participação no processo da construção do novo Fórum e foram firmes na decisão de demonstrar ? presidência do Tribunal de Justiça de São Paulo da necessidade de Botucatu contar com um novo prédio, sendo esta a empreitada mais significativa da história recente da Comarca”, disse Tedeschi.

Foto: Valéria Cuter