Juiz diretor do Fórum traça diretrizes para 2014

Foto: Luiz Fernando

O Juiz de Direito Josias Martins de Almeida Júnior, titular da 1ª Vara Criminal e da Vara da Infância e Juventude, foi reconduzido ao cargo de diretor do Fórum de Botucatu. A renomeação de Josias foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE). Ele está no cargo desde março de 2010 e em razão do trabalho que foi desenvolvido, recebeu a indicação para permanecer no cargo por mais dois anos.

O magistrado que vem de uma família de Bauru, ingressou na carreira, por meio do concurso nº 177 da Magistratura do Estado de São Paulo. Seu primeiro cargo na magistratura foi de Juiz substituto da Circunscrição de Lins. Posteriormente, assumiu como Juiz titular da Comarca de Getulina e de lá assumiu a 1ª Vara Criminal da Comarca de Botucatu.

Ele acompanhou todo processo de construção do Fórum da Cidade, coordenou sua inauguração em dezembro de 2012 e fez a divisão de todos os departamentos forenses e as adequações das salas. Josias Júnior administra um prédio com três Varas Cíveis, duas Criminais, um Serviço Anexo das Fazendas (SAF) e uma Vara do Juizado Especial Cível, para atender uma demanda de aproximadamente 1,5 mil pessoas/dia em busca dos serviços contando com cerca de 170 funcionários para 48.390 processos em andamento.

Cita o magistrado que em seu primeiro ano de funcionamento (2013), procurou realizar as adequações necessárias para alojar todos os departamentos espalhados em três andares, em consenso com os demais juízes, promotores e serventuários, de uma maneira geral , definindo o lugar de cada um, com total apoio do Tribunal de Justiça de São Paulo que tem na presidência o Desembargador José Renato Nalini, que assumiu este ano, substituindo Ivan Ricardo Garisio Sartori, em cerimonial que também comemorou os 140 anos do Tribunal.

“Nesse segundo ano, iremos dar prosseguimento ao trabalho e já está programada a instalação da cantina que será licitada e que deve entrar em funcionamento em aproximadamente quatro ou cinco meses, além do PABX digital que está sendo instalado e que irá facilitar os trabalhos”, adianta o magistrado. “Ainda está previsto para entrar em funcionamento a agência bancária do Banco do Brasil, além do recebimento de novas telas para computadores e novas impressoras”, acrescenta.