Instituto Floravida: Projeto Crescer Seguro recebe R$ 60 mil após gestão do deputado Fernando Cury

 

cury-floravida
Vitor Pegler (presidente do Condeca), Candice Mansano Baldoni (presidente do Instituto Floravida), deputado Fernando Cury e Floriano Pesaro, secretário de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo

O deputado Fernando Cury esteve nesta quinta-feira (04) em São Paulo para participar do evento que marcou a assinatura de diversos convênios firmados junto ao Condeca – Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente.

O encontro aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, com a presença do governador Geraldo Alckmin, e do secretário de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro.

“O governador autorizou o início da assinatura de 221 convênios, e nessa data, 43 projetos já foram contemplados. Um deles é o Projeto Crescer Seguro, do Instituto Floravida. Fiquei feliz em poder indicar ao Condeca esse projeto de Botucatu, e muito realizado por ele ter sido contemplado. Serão R$ 60 mil destinados ao Instituto, que contou com a presença da sua presidente, Candice Mansano Baldoni, durante a assinatura”, disse Fernando Cury.

De acordo com o deputado, único representante da Assembleia Legislativa escolhido por Geraldo Alckmin para ser membro do Condeca, foram R$ 40 milhões destinados para todo o Estado de São Paulo. “Desse total, R$ 6 milhões são para 34 projetos de 30 cidades paulistas em que eu tive participação direta, através de um trabalho de gestão e auxiliando na elaboração dos projetos. Tudo foi discutido dentro do Condeca, com o presidente Vitor Pegler, e por fim, conseguimos contemplar essas entidades que tiveram os projetos aprovados”, afirmou o parlamentar.

Ainda segundo Cury, a expectativa é que em breve outros convênios sejam assinados. “Vamos aguardar a próxima chamada para dar continuidade a esse trabalho. Alguns convênios serão firmados em pouco tempo, e outros somente após o período eleitoral. Botucatu irá receber quase R$ 1,5 milhão, sendo R$ 60 mil para o Instituto Floravida, R$ 62 mil para a Cáritas, através do Projeto Oficina Musical Passo a Passo, e cerca de R$ 1,3 milhão para a Prefeitura, recurso esse destinado para a construção dos dois prédios da Fazenda Esperança. Nesse momento de crise financeira vivido pelo país, em que o Governo corta despesas, receber recursos do Fundo Estadual ajuda e muito nas atividades realizadas nos projetos. Tivemos ainda outras entidades com projetos aprovados em Botucatu, que nós ajudamos na elaboração, mas que não foram contemplados agora porque existe um critério de classificação dentro do Condeca, que divide as cidades por pequenas, médias e de grande porte. São 39 conselheiros que avaliam e contemplam ações voltadas para crianças e adolescentes. Nossa cidade era para receber o recurso para apenas um projeto, e graças ao nosso trabalho de gestão, foi possível aumentar a lista e contemplar três instituições. Não cabe a mim o poder de escolher quais serão contempladas. Para se ter uma ideia, Bauru recebeu apenas um projeto contemplado. Em Ribeirão Preto, foram três, mas o total de repasse, somado, não atinge o valor do que foi destinado para a Prefeitura de Botucatu”, explicou.

Para o deputado, não há dúvidas da importância em investir para o bem das pessoas, e assim, construir um futuro melhor para as crianças e adolescentes. “O Condeca tem como uma das principais atribuições participar da elaboração das políticas de atendimento à criança e ao adolescente. Com esses convênios, a gente acompanha as ações desenvolvidas e o resultado positivo de cada projeto”, finalizou Cury.

Assessoria