INSS encerra dia 31 prazo para a prova de vida de beneficiários

No Estado de São Paulo , 279 mil beneficiários da Previdência Social ainda não fizeram a renovação de senha e prova de vida. Esses procedimentos devem ser feitos por todas as pessoas que recebem benefícios da Previdência Social, incluindo aposentados, pensionistas, quem está em auxílio-doença, entre outros, independentemente da forma como recebem: conta corrente, cartão magnético ou conta poupança. A renovação de senha e a prova de vida  são feitas nas agências bancárias e quem não fizer dentro do prazo terá o pagamento interrompido até que seja feita a renovação.

O aposentado ou pensionista deve comparecer à agência bancária em que recebe o benefício, com documento de identificação com foto – como carteira de identidade, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação. A Previdência Social tem, atualmente, 31,2 milhões de benefícios ativos. Destes, 1,14 milhão é recebido por pessoas que ainda não fizeram a renovação de senha e a prova de vida.

 

Procuração  

Os beneficiários com dificuldade de locomoção ou que, por motivo de doença, não puderem ir a uma agência bancária podem realizar a renovação da senha por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS. É necessário que o procurador, com documentos de identificação, compareça a uma agência da Previdência Social e leve a procuração e o atestado médico que comprove a impossibilidade de locomoção do beneficiário.