Indústria inicia a revisão do Plano Diretor

Em mais uma etapa do processo de revisão do Plano Diretor Participativo foi realizada na sede do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), uma reunião para discutir o capítulo relativo ao segmento industrial dentro do Eixo Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação que consta no Termo de Referência proposto pela Prefeitura de Botucatu.

Os trabalhos foram abertos pelo diretor titular do Ciesp, Raúl Alberto Tomás, saudando os presentes e falando da importância da participação não apenas dos representantes da indústria como de toda a sociedade através da formulação de propostas que possam contribuir para a retomada do crescimento do setor, de maneira que possa colaborar cada vez mais com a economia do município. Também compuseram a mesa, o vice-prefeito Antonio Luiz Caldas Júnior; o secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Carlos Alberto Costa; o 1º vice-diretor em exercício do Ciesp, Leandro Amaral e o advogado Moacir Fernandes Filho.  

Na oportunidade, Caldas fez uma breve apresentação de toda metodologia de trabalho, os objetivos a serem alcançados e as formas de participação popular a partir de encontros com a sociedade civil para ouvir e debater novas propostas que possam aperfeiçoar o Plano Diretor.

“O Plano Diretor é um guia e ao mesmo tempo um pacto legítimo com a sociedade. Por isso nossa missão principal será a de estimular junto à população essa participação em audiências públicas e pelo site que foi criado. Vale lembrar que boa parte das propostas, que já fazem parte desta revisão do Plano Diretor, saíram de debates públicos promovidos pelos conselhos municipais e que a intenção não é refazer todo ele, mas sim diagnosticar o que pode ser aperfeiçoado”, argumenta Caldas, que também preside a Comissão Organizadora do processo de revisão do Plano Diretor.

Durante a reunião foi feita a leitura do capitulo que trata do desenvolvimento industrial e debatidas propostas e ajustes ao Termo de Referência. Os representantes de empresas e instituições presentes à reunião fizeram questão de ressaltar a importância da indústria para geração de empregos e riqueza no município e consideram a revisão do Plano Diretor uma grande oportunidade para contribuir com o desenvolvimento sócio-econômico da cidade.

O Plano Diretor é um dispositivo legal previsto na Constituição Federal de 1988 e no Estatuto da Cidade (Lei Federal no 10.257/2001) e instrumento fundamental de desenvolvimento e planejamento dos Municípios.