Homenagens marcam os 47 anos da FCA/Unesp

A Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Unesp, câmpus de Botucatu, comemorou, no dia 24 de maio, seus 47 anos de atividades. A celebração da data teve show com o grupo musical de choro do Instituto de Artes da Unesp, café da manhã para a comunidade universitária no Terreiro de Café da Fazenda Lageado e o Encontro de Ex-Alunos de Agronomia e Engenharia Florestal.

Um dos pontos altos da comemoração foi a Sessão Solene da Congregação, realizada na tarde de 25 de maio, no Auditório Paulo Rodolfo Leopoldo. Marcada pela emoção, a solenidade teve uma homenagem póstuma aos professores Antonio Celso Wagner Zanin, Nilton Luiz de Souza e Tosiaki Kimoto. Também foram homenageados os servidores que completaram 25, 30, 35 e 40 anos de trabalho e o professor Antônio de Pádua Sousa, docente aposentado do Departamento de Engenharia Rural.

Além dos professores Edivaldo Domingues Velini e José Matheus Yalenti Perosa, diretor e vice da FCA, a mesa da solenidade foi composta pela professora Marilza Cunha Rudge, Pró-Reitora de Pós-Graduação da Unesp; Julio Nakagawa, ex-diretor e Professor Emérito da FCA; professor Leonardo Theodoro Büll, ex-diretor da FCA; professor José Carlos Peraçoli, vice-diretor da Faculdade de Medicina da Unesp; José Paes de Almeida Nogueira Pinto, vice-diretor da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia; Renato Eugênio Diniz, diretor do Instituto de Biociências e Marcio Campos, secretário municipal de Agricultura, representando o prefeito de Botucatu.

{n}Homenagens{/n}

Os familiares dos professores Antonio Celso Wagner Zanin, Nilton Luiz de Souza e Tosiaki Kimoto receberam placas com homenagens aos seus entes queridos. Recentemente, os três professores foram indicados pela Congregação da FCA para dar nomes a ruas do câmpus da Unesp, em Rubião Júnior. “A homenagem expressa gratidão e reconhecimento pelo trabalho e dedicação daqueles que contribuíram para a excelência da FCA”, anunciou a Diretora Técnica Acadêmica da FCA, Sueli Aparecida Zanardo Honório.

Falando em nome da Congregação da FCA, o professor Roberto Lyra Villas-Bôas, saudou os servidores que completaram 25, 30, 35 e 40 anos de atuação. “O crescimento ainda maior da FCA é uma certeza. Os senhores plantaram essa semente com cuidado e por isso as raízes são profundas, o que nos dá a garantia de uma produção de frutos ainda maior no futuro. Agradeço e parabenizo pelo comprometimento e contribuição na caminhada”.

A homenagem ao professor Antonio de Pádua Souza foi feita pelo professor Osmar de Carvalho Bueno, do Departamento de Gestão e Tecnologia Agroindustrial da FCA. Foram lembrados aspectos da atuação do professor Pádua em diversas instâncias da vida universitária, tais como o Departamento de Engenharia Rural, a supervisão das Fazendas, os programas de pós-graduação da FCA, a Biblioteca do Lageado, a Revista Irriga, além de funções relevantes em instituições como a Fatec/Botucatu, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea/SP) e Associação de Engenharia de Botucatu.

Também foram destacadas as participações em eventos científicos, atividades didáticas, as diversas orientações a alunos e a atuação do professor como ouvidor geral da FCA. “Fica seu exemplo para toda a comunidade universitária e a sociedade em geral”, discursou o professor Osmar Bueno. “É o exemplo da participação efetiva que leva ao conhecimento de fato da instituição FCA, condição essencial para sua construção, consolidação e avanço”.

Em seu agradecimento, o professor Pádua saudou os colaboradores em sua trajetória de 42 anos de serviços prestados ? FCA. “Agradeço a todos que contribuíram e me fizeram merecedor dessa distinção. Certamente, notaram o amor e o carinho que tenho por essa Faculdade ? qual dediquei o melhor de minha vida. Agradeço a todos os servidores pela colaboração e presteza, aos alunos que me fizeram crescer e ? família, pelo apoio e tranquilidade para que pudesse exercer meu trabalho”.

O professor, que continuará a exercer suas funções como voluntário, ressaltou a importância de celebrar o aniversário da Faculdade. “Aos 47 anos, a FCA é uma vencedora pela qualidade do seu ensino e trabalho. Meus votos de muito sucesso na formação de novos profissionais e um futuro de muitas conquistas”.

{n}Pronunciamentos{/n}

O diretor da FCA, professor Edivaldo Velini, começou seu pronunciamento lembrando que a vida de uma instituição não se conta em anos, e sim através dos seus números. “São cerca de 5 mil profissionais formados, entre os cursos de graduação e pós-graduação. Se, atualmente, o Brasil tem saúde financeira é graças ao superávit proporcionado pelo agronegócio. O Brasil caminha para ser, de fato, o celeiro do mundo. E nós formamos 5 mil profissionais que ajudaram ao construir esse cenário”.

O professor Velini elencou algumas realizações de sua gestão, que termina em fevereiro de 2013. Dentre as conquistas, ele ressaltou a contratação de 11 docentes e 62 servidores, a implantação do Sítio Modelo e a criação do curso de Bioprocessos, que vai envolver as quatro unidades da Unesp e deve trazer para Botucatu cerca de duas dezenas de novos docentes, além de servidores técnico-administrativos e aproximadamente 300 alunos. “Agradeço a comunidade pelo empenho e participação nesse processo. É fundamental trabalhar com pessoas dispostas ao diálogo para construir soluções que atendam aos interesses do todos.”

O pronunciamento da professora Marilza Vieira Cunha Rudge, pró-reitora de Pesquisa da Unesp, encerrou a solenidade. Ela lembrou sua sólida amizade com o professor Pádua, a quem também fez questão de homenagear: “Você merece essa distinção”. Ao parabenizar a FCA, a Pró-Reitora lembrou a criação da curso de Agronomia, nos tempos da antiga FCMBB, através da iniciativa dos alunos. “É uma história muito bonita. Todos temos orgulho de fazer parte da Unesp. Mas posso dizer que a Unesp também tem muito orgulho pela história da FCA”.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp – câmpus de Botucatu/SP
Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais – Fepaf