Grupo Administrativo do Câmpus da Unesp tem nova diretoria

Os professores João Carlos Cury Saad e Maria Dalva Cesário assumiram este semana a presidência e vice-presidência do Grupo Administrativo do Câmpus (GAC), órgão administrativo composto pelas quatro unidades da Unesp em Botucatu (Instituto de Biociências de Botucatu-IBB – e as Faculdades de Ciências Agronômicas-FCA; Medicina Veterinária e Zootecnia-FMVZ; e de Medicina-FMB). O mandato de ambos vai até setembro de 2014.

Em sua atribuição, o presidente do Grupo Administrativo é responsável pelas atividades administrativas deliberadas, representa o Câmpus de Botucatu em quaisquer atos públicos ou acadêmicos. Ainda tem em sua competência toda a rotina e políticas administrativas e de recursos humanos do órgão.

João Cury Saad é o atual diretor da FCA e substitui na presidência o professor Edivaldo Domingues Velini. Já professora Maria Dalva Cesário será a nova diretora do IBB e também administrará o Grupo Administrativo do Câmpus a partir de 2014, pelo sistema de rotatividade entre as unidades.

A posse contou com a presença dos diretores das demais unidades da Unesp em Botucatu como Silvana Artioli Schellini, pela Faculdade de Medicina; José Carlos Vulcano representando a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. Também acompanharam a pose os professores Renato Eugênio Diniz (IBB) e José Paes de Almeida Nogueira Pinto (FMVZ), além de supervisores de seções do GAC.

Durante discurso de despedida, professor Velini frisou a mudança de panorama que o GAC vivenciou com o processo de autarquização do Hospital das Clínicas, antes vinculado ? Unesp. Também ressaltou os desafios na equalização de receitas para investimentos nos campus de Rubião Júnior e da Fazenda Experimental do Lageado. “Hoje temos um grupo equalizado e de extrema importância para o câmpus”, disse.

Para ele, o grupo deixou de ter papel administrativo para também alçar a missão educacional. “Por meio do esforço coletivo de todas as unidades que iremos implantar, com a assessoria do GAC, o curso de bioprocessos em Botucatu”, lembrou Velini.

Vice-presidente cessante, professor Renato Eugênio Diniz agradeceu o empenho dos servidores e fez uma breve avaliação da gestão que se encerra. “Procuramos, em conjunto, analisar os problemas e buscar soluções para a melhoria do campus que tem uma grande dimensão e só é viável pelo empenho das pessoas que trabalham nele”, ressaltou.

Novo presidente João Cury Saad definiu que o mandato ? frente do grupo será de continuidade nas obras como a conclusão da Seção Técnica de Saúde, em parceria com a Famesp- Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar-, e melhorias estruturais no campus de Rubião Júnior, além do suporte na implantação do curso de bioprocessos. “Pela complexidade das unidades existentes, temos um grupo que é o facilitador no diálogo entre o campus e a reitoria”, afirmou.

Já professora Maria Dalva lembrou o comprometimento dos setores que englobam o GAC e dos desafios a serem enfrentados nos próximos anos. “Sabemos da eficiência de todos neste grupo e as recentes conquistas em nosso campus foram frutos do compromisso em prol da universidade”, realçou.
Caracterizado como responsável pela administração da estrutura da Unesp em Botucatu, o GAC é o órgão encarregado de organizar, disciplinar e administrar as atividades comuns, não acadêmicas. Apenas Botucatu e Bauru mantém este grupo em toda a universidade.

Fonte: Flávio Fogueral
Assessoria de Comunicação e Imprensa IBB Unesp