Governo do Estado diz que região terá sede do IML

Uma comitiva de presidentes de Câmaras Municipais das cidades que compõem a região de abrangência do Instituto Médico Legal (IML) e do Instituto de Criminalística (IC) de Botucatu, liderada pelo chefe do Legislativo botucatuense, vereador Curumim (PSDB), esteve em São Paulo para pleitear recursos para construção de novo prédio para abrigar os órgãos – ligados ? Polícia Científica.

Os parlamentares da região foram atendidos pelo Assessor Especial Parlamentar, Carlos Alberto Estracine, na sede da Secretaria Estadual de Segurança Pública. Também participaram da reunião representantes do IML e do IC de Botucatu.

De acordo com o presidente da Câmara Botucatu, vereador Curumim, trata-se de um esforço conjunto que visa a melhoria no atendimento ? população. “Não conseguiremos mostrar a relevância da iniciativa se não envolvermos todos os municípios e caminharmos unidos”, ressalta.

O vereador Bombeiro Tavares (DEM), 1º secretário da Câmara Municipal de Botucatu, também marcou presença. Com experiência de mais de 20 anos no setor de Segurança Pública, o parlamentar reafirma a importância do pleito. “Temos de proporcionar estrutura para que os órgãos investigativos possam trabalhar com tranqüilidade e eficiência”, destaca.

Durante a reunião, Estracine apontou que a negociação sobre a construção do novo prédio do IML-IC deve ser bem sucedida. O representante da Secretaria Estadual de Segurança Pública afirmou ainda que é necessário o envolvimento da Prefeitura, por meio de parceria – medida que tem sido frequente no relacionamento entre os Executivos Municipal e Estadual.

Para Curumim, a necessidade de parceria entre Estado e Município não será um problema. “O prefeito João Cury já mostrou que está sensível ? necessidade de trabalhar para construção do IML-IC de Botucatu”, coloca.

Outra afirmação de Estracine deixou os participantes esperançosos quanto a destinação de recursos para construção da futura sede do IML-IC de Botucatu. O representante da Secretaria de Segurança apontou que, dentro do plano de investimentos do Estado, o segundo semestre de 2011 e principalmente o ano de 2012 poderão ser os períodos com mais investimentos na Polícia Científica.

Fonte e fotos:
Assessoria de Imprensa/Câmara Municipal de Botucatu
Jornalista: André Luís Lourenço/CMB