GCM registra três casos de auxílio comunitário

 

No último final de semana a Guarda Civil Municipal realizou três casos de auxilio comunitário. O primeiro fato foi registrado na Unesp onde um senhor de 60 anos estava alcoolizado e atrapalhando os funcionários do hospital, sendo assim o cidadão foi levado até sua residência na região central.

Já o segundo atendimento foi realizado na Rua Dr. Costa Leite onde uma mulher estava dormindo na calçada e populares ligaram no telefone 199 que foi até o local e os guardas constataram que a mulher estava muito alcoolizada, familiares ficaram aos cuidados dela.

O terceiro aconteceu às margens da Rodovia Marechal Rondon, onde um idoso estava deitado na beira da pista, os guardas verificaram o notório estado de embriaguez, o cidadão foi levado até o Projeto Centro de Atendimento ao Migrante Itinerante (Camim),  visto que ele não é morador de Botucatu.

 

Verificação de alvará

Os guardas municipais inspetor Paes e agente Dias realizaram um atendimento de verificação de alvará na Vila Santana. No local funciona um bar e os vizinhos estavam reclamando do barulho, já que o som estava muito alto. Os guardas constataram que o estabelecimento não possui alvará de funcionamento. Diante dos fatos as atividades foram encerradas e o dono do bar devidamente orientado a regulamentar a situação.

 

Mulher ameaçada

Inspetor Paes e o GCM Dias realizaram um atendimento a uma mulher de 32 anos. O fato aconteceu na região central, onde durante o patrulhamento os agentes visualizaram uma mulher pedindo socorro alegando que seu ex-namorado teria lhe feito ameaças. O indivíduo não foi localizado e a mulher devidamente orientada a comparecer junto a Delegacia de Defesa da Mulher.